Bang & Olufsen Beolit 12

logo-infolab

Avaliação do editor Airton Lopes / As formas e a alça em couro dão a esta dock da B&O Play, marca da empresa dinamarquesa Bang & Olufsen, um ar de cesta de piquenique chique. A bateria embutida confirma a vocação para animar confraternizações em locais sem tomada por perto. O som de muito boa qualidade que sai dos dois falantes e do subwoofer da Beolit 12 pode vir de iPods, iPhones e iPads ou de qualquer outro aparelho com conexão P2. Com um iPhone conectado na porta USB, a Beolit 12 ficou ligada tocando música por 3 horas e 32 minutos e manteve a bateria do celular totalmente carregada. Usando a entrada P2, ou seja, sem fornecer energia para o reprodutor de áudio, a autonomia da dock chegou a 6 horas e 47 minutos. A praticidade é um atrativo da Beolit 12 também quando ela está dentro de casa e plugada na tomada. Com a ajuda do Wi-Fi, ela dispensa cabos para amplificar o som dos iGadgets e dos PCs com iTunes. Mas seria ainda melhor se viesse com um controle remoto.

Avaliação de Giovana Penatti / Como tudo da marca Bang & Olufsen, a dock Beolit 12 é um artigo de luxo, que, para muita gente, é mais objeto de desejo do que algo realmente possível de comprar. Mesmo sendo de uma linha mais barata da B&O, o preço é proibitivo: 2.490 reais.

Mas existe um motivo para a B&O ter essa faixa de preço e é a qualidade inegável de seus produtos. A Beolit 12 é relativamente pequena, mede 23 por 18,8 por 13,3 centímetros e pesa 2,4 quilos, o que a torna um bom reprodutor de áudio doméstico. Ela lembra uma cestinha: é feita de alumínio, com os furinhos característicos de caixas de som por toda a volta, uma alça de couro e o topo emborrachado, que funciona como um porta-trecos e é onde ficam os botões de volume, ligar/desligar e Wi-Fi.

Vídeo

http://videos.abril.com.br/info/id/9a22208441dc29b7b460a2770179d2d1

Com dois alto-falantes e um subwoofer que atingem uma potência de 120 W, ela consegue fazer bastante barulho – mas no bom sentido, já que as distorções do áudio com o volume mais alto são praticamente imperceptíveis e a qualidade sonora é excelente. A Beolit 12 é uma ótima opção para animar festinhas com os amigos, principalmente por não precisar de cabos e ter uma bateria satisfatória, que aguentou 6 horas e 47 minutos de música sem parar; com um gadget da Apple conectado à porta USB, o tempo cai para 3 horas e 32 minutos por conta do carregamento da bateria dele.

Além da USB, a dock tem uma conexão P2, Wi-Fi e uma entrada para cabo de rede. Tanto o Wi-Fi quanto a USB são para uso de aparelhos da Apple: o primeiro (que deve ser configurado com um cabo de rede antes do uso; o processo é relativamente simples) serve para tocar músicas pelo AirPlay e o segundo não reproduz áudio de smartphones com Android. No entanto, carrega a bateria deles também. A “entrada universal”, que reproduz áudio de todos os mecanismos, é a P2 – o que é um tanto quanto decepcionante para qualquer dock atualmente.

Ficha técnica

Potência 120 W RMS
Conexões P2, USB, Ethernet e Wi-Fi
Dimensões 23 cm x 18,8 cm x 13,3 cm
Peso 2,8 kg

Avaliação técnica

Prós Excelente qualidade sonora; compacto; design bonito; AirPlay
Contras USB só funciona com gadgets Apple; Wi-Fi precisa ser configurado e só serve para o AirPlay; preço muito alto; sem controle remoto
Conclusão Apesar do som ótimo, a dificuldade de conectar outros aparelhos desanima e, tecnicamente, o preço não se justifica
Áudio 8,3
Recursos 7,8
Conexões 8
Design 8,7
Média 8.3
Preço R$ 2490