Ataque hacker aconteceu na abertura dos Jogos de Inverno

Instabilidades e problemas com ingressos foram causados por hackers

São Paulo – Um ataque hacker aconteceu durante a abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, realizada na última sexta-feira (9), em PyeongChang, na Coreia do Sul.

De acordo com o jornal americano The New York Times, um porta-voz do comitê de organização do evento confirmou que os problemas enfrentados na sexta foram causados por um ataque cibernético.

Durante a abertura, instabilidades na internet causaram inconveniências. Drones de transmissão pousaram sem mais nem menos, o site de Pyeongchang 2018 ficou for a do ar e muitas pessoas não conseguiram imprimir seus tickets para a cerimônia, o que fez com que muitos assentos ficassem vazios.

Craig Williams, líder técnico sênior na empresa de segurança digital Talos, disse ao jornal que os hackers poderiam ter destruído os computadores da organização, mas, em vez disso, escolheram apenas apagar backups de máquinas com sistema Windows. Com isso, a organização poderia resolver o problema reiniciando suas máquinas. Essa medida, para Williams, representou uma mensagem política dos hackers.

Nenhum grupo de hackers assumiu a autoria do ataque virtual. No entanto, alguns rastros apontam para um grupo russo chamado Fancy Bear. A empresa de segurança CrowdStrike informa que houve roubos de credenciais de entidades esportivas internacionais. Esses dados podem ter sido usados no ataque aos Jogos de Inverno.