Assinaturas de banda larga superam TV paga nos EUA

As assinaturas não são necessariamente excludentes, já que muitos usuários acabam por preferir pacotes promocionais com preços mais em conta

São Paulo – O número de assinaturas de internet via banda larga superou o de TV paga nas quatro principais operadoras dos EUA, de acordo com números da consultoria Leichtman Research Group. É a primeira vez que isso acontece na história dos Estados Unidos.

Segundo os dados, Comcast, Time Warner Cable, Cablevision e Charter encerraram o segundo trimestre de 2014 com 49,915 milhões de assinantes de internet e 49,910 milhões de assinantes de televisão.

“Com a adição de mais de 30 milhões de assinaturas de banda larga nos últimos dez anos, as operadoras mostraram sua capacidade de se expandir além de suas raízes na TV”, disse Bruce Leichtman, presidente da consultoria.

Vale lembrar, entretanto, que não necessariamente as assinaturas são excludentes: assim como acontece no Brasil, muitos usuários acabam por preferir pacotes promocionais com preços mais em conta, que normalmente unem TV a cabo, internet e até mesmo telefones.

Os números ressaltam, entretanto, a necessidade do debate pela neutralidade de rede, atualmente em forte discussão nos EUA, no mesmo momento em que a Comcast e a Time Warner Cable podem se fundir, controlando 40% do mercado local.