Apple vai atualizar software do iPhone na China após disputa com Qualcomm

Empresas estão em luta judicial por patentes depois que a Apple deixou de usar chips da Qualcomm nos iPhones

São Paulo – A Apple enfrenta um problema judicial com a Qualcomm que pode tirar grande parte dos seus iPhones da China, do iPhone 6s ao iPhone X. Agora, a empresa informou que fará atualizações no software dos aparelhos diante da ameaça de proibição de vendas por infração de duas patentes, segundo a agência Reuters.

A medida será tomada pela empresa, a partir do início da próxima semana, com o objetivo de “resolver qualquer possível preocupação com a nossa conformidade legal”, segundo comunicado da Apple.

Ao jornal americano The New York Times, no começo da semana, a empresa disse que o esforço da Qualcomm é um movimento “desesperado”de uma companhia cujas práticas estão sob investigação por reguladores do mundo todo.

A Qualcomm era fornecedora da Apple para chips de comunicação, mas foi excluída dos modelos mais novos e iniciou uma batalha judicial por patentes com a empresa do iPhone. Tudo começou com uma ação da Apple, de 2017, questionando as práticas de licenciamento da companhia.

Vale notar que a Apple fez um pedido de reconsideração no tribunal chinês que decidiu pela proibição de vendas de iPhones no país.