Apple “ressuscita” MacBook Air e Mac mini com novas versões

Modelos chegam aos Estados Unidos no dia 7 de novembro

São Paulo — Em evento realizado em Nova York nesta terça-feira, 30, a Apple “ressuscitou” dois produtos que pareciam esquecidos: o MacBook Air e o Mac Mini. O notebook finalmente ganhou uma tela resolução mais alta, com tecnologia Retina, e passa a contar com processador Intel de oitava geração e até 16 GB de memória RAM. Já o minicomputador também foi atualizado por dentro, e passa a contar chip Intel mais potente e até 64 GB de RAM. Ambos chegam no mercado norte-americano no dia 7 de novembro.

O novo MacBook Air
Ainda que tenha sido atualizado por dentro nos últimos anos, com mudanças no processador e na memória, o notebook mais barato da empresa ficou ultrapassado e vinha mantendo o mesmo visual desde 2010. De lá para cá, empresas rivais lançaram boas alternativas ao modelo, como o Spectre 13 da HP e o XPS 13 da Dell, ambos mais potentes que o aparelho da Apple e tão finos e leves quanto.

MacBook-Air-Preço-

 (Apple/Reprodução)

O anúncio desta terça-feira é uma resposta, ainda que um tanto demorada, da companhia. Para bater com os rivais mais recentes, o novo notebook tem um display de mesmo tamanho, de 13,3 polegadas e resolução 2.560 x 1.600, e usa processador Intel Core i5. Fora os 16 de memória RAM, o aparelho tem suporte a até 1,5 TB de armazenamento em SSD e a autenticação por impressão digital (Touch ID). Tudo isso se encaixa em um corpo de 1,2 Kg e 15,6 mm com duas portas USB-C e entrada para fones de ouvido nas laterais.

MacBook-Air-2018-peso-

 (Apple/Reprodução)

O modelo chega aos Estados Unidos na próxima semana e custará a partir de 1.200 dólares (cerca de 4.400 reais na conversão direta). É um salto de 200 dólares em relação ao modelo anterior, mas o preço ainda posiciona o notebook como o mais barato da Apple.

O novo Mac mini

O Mac mini estava ainda mais esquecido do que o MacBook Air. O minicomputador havia sido atualizado por dentro pela última vez no final de 2014, e as únicas opções à venda até agora vinham com processadores Core de quarta geração. É um alívio, portanto, ver novos modelos com chips da oitava e mais recente linha da Intel.

Mac-Mini-2018-processador

 (Apple/Reprodução)

Segundo a Apple, o modelo mais em conta do novo Mac mini vem com processador Intel Core i3 de quatro núcleos, 8 GB de memória RAM e um SSD de 128 GB para armazenamento.

Mac-Mini-2018-apple

 (Apple/Reprodução)

Ele custará 750 dólares (cerca de 2.780 reais), 350 mais caro do que a opção mais em conta da última geração. Esse valor, no entanto, ainda poderá subir bem mais com outros componentes internos, incluindo até um chip Intel Core i7 de seis núcleos e 4,2 GHz, 64 GB de memória RAM e 2 TB de espaço em SSD. Ele chega no mesmo dia do MacBook Air, 7 de novembro.