Apple registra patente para o seu relógio iWatch

A Apple conseguiu o registro de uma patente detalhando uma pulseira inteligente, que é chamada de iTime no documento

São Paulo – Uma primeira informação oficial da Apple sobre o seu relógio inteligente aparece. É uma patente que foi concedida pelo escritório de patentes do governo dos EUA para a empresa. A patente descreve um dispositivo eletrônico para ser usado em torno do pulso—em resumo, uma espécie de relógio inteligente.

Em suma, o dispositivo une uma pulseira recheada de sensores com uma tela central (que em dado momento é referido pela empresa como iTime). Pelo que o documento mostra, em qualquer momento essa central poderia ser removida da pulseira.

Isso cria certa similaridade com o iPod Nano (ele é dado como exemplo de uma tela que pode ser usada nesse caso). Ele podia ser usado como uma espécie de relógio, desde que fosse encaixado em uma pulseira de silicone. A tela central teria uma superfície de vidro sensível ao toque.

A pulseira também seria bem tecnológica e repleta de sensores. O documento cita a presença de acelerômetro, antena, GPS e motores para vibração.

O dispositivo seria capaz de se conectar a outros. O documento indica iPhones, iPads e computadores Macs como compatíveis. A patente indica que será possível visualizar notificações de outros dispositivos na tela da pulseira.

Algo interessante é que, aparentemente, a pulseira usará um sistema de gestos para dispensar notificações. Movimentar os braços seria o suficiente para dispensar uma ligação, por exemplo.

Os materiais da pulseira são especificados como: “borracha, silicone, plástico, Mylar (um material de poliéster), vinil, etc”. Uma porta para fone/microfone também é detalhada pela Apple, dando uma aparência ainda maior de iPod para a telinha.

De acordo com analistas, o iWatch (ou será iTime?) deve ser anunciado pela Apple ainda neste ano. Além dele, a empresa deve lançar duas novas versões do iPhone ainda em 2014.