Apple não dará desconto na troca de bateria do iPhone no Brasil

Após polêmica com piora de desempenho, Apple diminui preço de troca de bateria. Medida, no entanto, não chegará ao Brasil

São Paulo – A Apple pediu desculpas a seus consumidores por conta da revelação de que a empresa piora o desempenho de iPhones com baterias antigas. Como parte desse processo, a empresa anunciou preços especiais na troca de baterias do smartphone. O problema é que o programa de descontos não chega ao Brasil.

Consultada pelo site EXAME, a Apple informou que já dá suporte para a troca de baterias no país e indicou o site onde apresenta as condições e preços desse serviço.

Lá, estão especificadas duas condições para a troca gratuita da bateria: quando o iPhone ainda estiver na garantia ou quando o cliente tiver razão pelo Código de Defesa do Consumidor.

Excetuadas essas duas situações, o preço para a troca de baterias é fixo em 449 reais.

Após um pedido de desculpas divulgado ontem pela Apple, a empresa anunciou que terá um período de promoção. Até dezembro de 2018, o custo para a substituição da bateria nos Estados Unidos cairá de 79 dólares para 29 dólares.

O desconto, de mais de 60%, portanto, não chegará ao Brasil. Vale ressaltar que os problemas de desempenho não têm qualquer vínculo geográfico, atingindo também consumidores brasileiros.

O caso

O caso teve início após uma empresa que faz app para medir a velocidade do iPhone publicar dados que mostram desempenho mais lento dos modelos iPhone 6s e iPhone 7, conforme eles ficam mais velhos.

A Apple admitiu que faz isso em três situações: com a bateria com pouca carga, com baterias velhas ou quando está frio demais.

“No ano passado, nós lançamos um recurso para o iPhone 6, iPhone 6s e iPhone SE para suavizar os picos instantâneos somente quando necessário para evitar que o dispositivo desligue inesperadamente durante essas condições”, afirmou a Apple, de acordo com a agência de notícias Reuters.

Ontem, a Apple publicou um pedido de desculpas no seu site americano. A empresa disse que faria mudanças “para reconhecer sua fidelidade e recuperar a confiança de qualquer um que possa ter duvidado das intenções da Apple”.

A empresa já é alvo de processos por parte de clientes que se sentiram lesados ao saber que a empresa omitiu essa informação.

Atualização: uma versão preliminar dizia que o programa de descontos não chegaria ao Brasil. A fonte dessa informação era um material enviado pela própria Apple. A reportagem questionou, após consultar o material, se o desconto, que não constava no site, chegaria ao Brasil. A comunicação da Apple nunca respondeu a este e-mail, enviado horas antes da publicação deste texto. Como o material era citada como fonte pela Apple, EXAME usou o material, desatualizado, passado pela empresa.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Carlos Cavalcanti

    Bem feito para os brasileiros trouxas que compraram iphones. Aplicada a conversão a bateria no Brasil custaria cerca de R$ 100,00 com desconto, assim nada justifica cobrarem R$ 450,00, só se nos acharem (e acham de fato!) muito estúpidos e subdesenvolvidos. Essa porcaria de empresa só respeita a China porque lá ela produz montanhas de aparelhos pagando um salário ridículo e o governo chines é infinitamente mais sério que o nosso.

  2. Erraram feio. Segundo a Apple a troca de bateria vai custar 149 reais.
    https://www.apple.com/br/iphone-battery-and-performance/