Apple já prepara primeiros iPad nacionais

A Foxconn, que deverá fabricar o iPad no Brasil, já teria despachado, da China, os componentes para iniciar a montagem do tablet no país

São Paulo — A tão comentada fábrica da Apple no Brasil parece estar cada dia mais próxima de virar realidade. Segundo o jornal Folha de S. Paulo noticiou no último sábado, dia 9, contêineres contendo componentes para a fabricação do iPad já deixaram a Ásia em direção ao Brasil. A viagem deve durar cerca de dois meses, período necessário para que o governo oficialize as políticas de incentivo à Foxconn, que fabrica o iPad na China e deverá produzi-lo também no Brasil.

Inicialmente, caso os tablets sejam classificados como computadores, como planeja o ministro das comunicações, Paulo Bernardo, eles contariam com redução de 9,25% referente ao PIS e ao Cofins. Além disso, outros incentivos estaduais podem ser ofertados para atrair a fábrica.Inicialmente, os iPads seriam fabricados na cidade de Jundiaí, na fábrica da Foxconn, que já produz produtos para a Sony e HP.

No fim de março, o secretário de desenvolvimento econômico da cidade, Ari Castro Nunes Filho, chegou a afirmar que a empresa teria encomendado estudos sobre a instalação da linha para fabricar produtos da Apple. Por outro lado, Izabel Lorenzetti, prefeita de Lençóis Paulista, chegou a declarar que a cidade também estaria sendo considerada para a instalação da fábrica de produtos Apple.

Um estudo da Apple teria apontado que existe, no Brasil, demanda de cerca de 5.000 iPads por mês, um volume relativamente pequeno. Combinados os incentivos fiscais e a redução nos custos com logística, a expectativa é que o preço do produto caia em até 40% com a fabricação no Brasil. A Apple não se pronuncia sobre o assunto.