Apple bloqueia Google Books na App Store

A Apple bloqueou o aplicativo Google Books na App Store porque o programa contrariava seus interesses comerciais e as normas da loja

São Paulo – Em um movimento sutil, a Apple bloqueou o acesso ao aplicativo Google Books em sua App Store – a loja de aplicativos para iPhone e iPad – devido a problemas com as regras comerciais da loja virtual.

Pelas novas regras da Apple, para que um aplicativo seja aceito na App Store, é proibido que a empresa responsável pelo programa redirecione o usuário para uma página externa para que possa efetuar uma compra. Com isso, a Apple, garante que a aquisição seja feita dentro do aplicativo e usando seu próprio sistema de pagamentos. Assim, ela fica com sua comissão de 30% do valor do produto.

E era justamente isso o que estava acontecendo com o aplicativo do Google Books, que oferecia a compra de livros eletrônicos por meio de uma página própria, fora do aplicativo oferecido na App Store, para dispositivos iPhone, iPad e iPod Touch.  

Se alguém realizar uma busca pelo aplicativo Google Books no iTunes, não será possível localizá-lo. O programa ainda está listado no site da Apple, mas não aparece no iTunes. Após a Apple bloquear o acesso, o Google realizou uma atualização que permite a compra dos livros no próprio programa.

O aplicativo do Kindle, da Amazon, possui o mesmo problema do Google Books. Mas, até o momento, não foi bloqueado pela Apple. A Amazon, porém, já sinalizou que vai liberar uma atualização para seu leitor de e-books no iOS e se adequar às novas regras da Apple.