App de imóveis usa “Pokémon Go” para vender apartamentos

Na hora de buscar um imóvel, o usuário do app poderá ver não só se há padarias ou hospitais na vizinhança, mas também ginásios pokémon e pokéstops

São Paulo – Mesmo sem ainda estar disponível no Brasil, o jogo Pokémon Go já movimenta o mercado nacional: o aplicativo VivaReal Imóveis, responsável por conectar imobiliárias, corretores e clientes na busca de apartamentos e casas, incluiu na sua última versão uma “camada pokémon”.

Agora, na hora de buscar o seu novo lar, o usuário do app poderá ver não só se há padarias ou hospitais na vizinhança, mas também ginásios pokémon – onde podem ocorrer batalhas – e pokéstops – pontos específicos nos quais é possível encontra itens úteis para o game.

“Estamos trazendo o lado virtual do jogo ao mundo real. Esta tendência já acontece em diversas partes do mundo e pode representar uma mudança comportamental na forma como as pessoas se relacionam com a localização na hora de comprar o imóvel”, justifica Mariana Ferronato, diretora de marketing do VivaReal.

Procurada pelo jornal O Estado de S. Paulo, a assessoria do aplicativo diz não ter uma parceria oficial com os desenvolvedores do aplicativo – a Niantic e a Pokémon Company, da qual a Nintendo possui um terço das ações.

Como o jogo não foi ainda lançado no Brasil, ainda não é possível saber com exatidão onde ficam os pontos de parada de Pokémon Go – segundo a VivaReal, os pontos hoje presentes no mapa foram determinados com base em Ingress, o primeiro jogo de realidade aumentada da Niantic.

No exterior, os pontos de interesse de Ingress e Pokémon Go são bastante semelhantes. Para Mariana, do VivaReal, o jogo é uma boa oportunidade de marketing.

“Corretores e construtoras podem aproveitar o jogo para chamar a atenção dos consumidores”, diz. A atualização de Pokémon Go do VivaReal já está disponível para Android, e deve chegar em breve ao iOS.