Microsoft acaba com linha de smartphones com Android

A ideia é renovar o foco nos aparelhos com o sistema Windows Phone, proprietário da companhia.

Pouco depois do maior corte de funcionários de sua história, a Microsoft anunciou nesta quinta-feira (17) que vai acabar com a sua linha de smartphones com sistema Android, chamada de Nokia X.

A decisão foi anunciada pelo chefe da divisão mobile da Microsoft, Stephen Elop (ex-CEO da Nokia), em uma carta aberta para os funcionários da companhia. A ideia é renovar o foco nos aparelhos com o sistema Windows Phone, proprietário da companhia.

“Dada a grande variedade de experiências de dispositivo, temos de nos concentrar nas áreas em que podemos agregar o maior valor. As raízes desta empresa e o nosso futuro estão na produtividade e em ajudar as pessoas a fazerem coisas importantes”, escreveu Elop.

Os aparelhos da empresa com sistema Android tinham configurações e preço de entrada. No comunicado, a Microsoft ressalta que continuará a oferecer produtos para esse segmento de mercado.

“Enquanto nossa direção na maioria das nossas equipes é, em grande parte, imutável, tivemos a oportunidade de planejar cuidadosamente sobre o alinhamento dos telefones dentro da Microsoft enquanto a equipe da Nokia continua com seu processo de integração.”

Dos 20 mil funcionários cortados, 12.500 eram da Nokia, que foi comprada pela Microsoft em setembro do ano passado por 7,2 bilhões de dólares.

Nokia X no Brasil – A linha Nokia X chegaria ao Brasil no mês de junho, conforme a empresa confirmou a INFO por e-mail. Entretanto, após o envio de um convite para imprensa com uma garrafal letra “X”, o evento foi cancelado “por motivos de força maior”.

Conheça o Nokia X, o primeiro smartphone da empresa com sistema Android

Clique para abrir o link no navegador