Após atraso, Samsung lança celular com tela dobrável

Galaxy Fold tem tela de 7,3 polegadas que pode ser dobrada ao meio; celular chegará ao mercado global nesta semana

São Paulo — A sul-coreana Samsung lança nesta semana o seu primeiro smartphone com tela dobrável. Chamado Galaxy Fold, o aparelho tem tela de 7,3 polegadas que pode ser dobrada ao meio para facilitar o uso com apenas uma das mãos ou para acomodá-lo com facilidade no bolso de uma calça. Com isso, o dispositivo oferece a tela grande de um tablet aliada à portabilidade de um celular.

O Fold chegará ao mercado em 6 de setembro inicialmente na Coreia do Sul. A companhia lançará o produto também nos Estados Unidos, no Reino Unido, na França, na Alemanha e em Singapura.

A Samsung enfrentou um problema relacionado à tela do Galaxy Fold no primeiro semestre deste ano. Uma película que não poderia ser removida foi retirada por jornalistas e influenciadores digitais durante testes feitos antes do lançamento oficial do aparelho. Isso ocasionou problemas que faziam o display do produto ficar preto e parar de funcionar. Com isso, o lançamento foi adiado.

A empresa afirma, em nota, que passou os últimos meses refinando a experiência de uso do Fold e melhorando a construção e design do dispositivo.

O aparelho chegará em duas versões: uma compatível com redes 4G e outra que também funciona em redes 5G, que é mais veloz e ainda está disponível em um número restrito de países, como Coreia do Sul e Estados Unidos.

O Galaxy Fold vai competir com o Mate X, da Huawei. A fabricante chinesa é a única rival de peso a ter anunciado um celular com tela dobrável até o momento. Porém, a Huawei ainda não iniciou as vendas do seu dispositivo.