Aplicativo identifica locais hostis para gays na Bélgica

Programa para celular vai mostrar locais onde aconteceram agressões físicas ou verbais contra homossexuais no país

Bruxelas – Um novo aplicativo para smartphones apresentado nesta quarta-feira permitirá localizar no mapa da Bélgica os locais onde costumam ocorrer agressões verbais ou físicas contra homossexuais e lésbicas.

A iniciativa, lançada pela empresa de publicidade Famous e pelo coletivo LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transexuais) Outrage!, permitirá aos usuários de Iphone e Android situar no Google Maps o lugar exato da agressão e a descrição do ataque.

As denúncias apresentadas pelas vítimas de insultos ou ataques físicos ficarão imediatamente visíveis no mapa, segundo os responsáveis pela iniciativa.

‘A comunidade gay adora a Bélgica, mas esse amor nem sempre é correspondido. Muitas vezes sem nenhum motivo. E para resolver esse problema, as pessoas precisam saber o que acontece e onde’, detalha o site do projeto.

De acordo com o Outrage!, seis de cada dez pessoas desse coletivo foram agredidas verbalmente, 20% recebeu ameaças e uma de cada dez foi vítima de uma agressão física.

As vítimas são em geral reticentes a apresentar uma denúncia, o que, segundo o coletivo dá uma falsa imagem da situação e faz pensar que a gravidade do problema é menor do que a realidade.

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente através da Apple Store e Android utilizando ‘bashing’ como termo de busca.