Anonymous diz ter sabotado mais de 5.500 contas do EI

O grupo de hackers Anonymous afirmou ter sabotado mais de 5.500 contas Twitter relacionadas com o grupo Estado Islâmico após sua declaração de guerra

Washington – O grupo de hackers Anonymous afirmou nesta terça-feira ter sabotado mais de 5.500 contas Twitter relacionadas com o grupo Estado Islâmico (EI) após sua declaração de guerra contra os jihadistas, em reação aos atentados em Paris.

O Anonymous fez o anúncio em tuíte no dia seguinte ao lançamento da campanha #OpParis, destinada a bloquear os sites e contas nas redes sociais ligadas ao EI, que reivindicou os ataques que provocaram pelo menos 129 mortos e 352 feridos na sexta-feira na capital francesa.

“Mais de 5.500 contas do EI foram sabotadas”, afirma a mensagem sem detalhar de que modo isso foi feito.

Em uma aparente resposta, uma mensagem distribuído pelo aplicativo de mensagens Telegram pede que simpatizantes do EI protejam suas contas.

“Os hackers do Anonymous ameaçam (…) fazer uma operação maior contra o EI (idiotas)”, diz a mensagem.

A “declaração de guerra”, entretanto, pode acabar sendo contraprodutiva e afetar a investigação, alertou na segunda-feira Olivier Laurelli, um blogueiro especializado em segurança informática.