Anonymous ataca sites do PanAmericano, Citi e BC

Ao invés de atacar uma instituição por dia, grupo mudou sua estratégia hoje ao atacar vários sites de bancos

São Paulo – O grupo de hackers brasileiros mudou sua estratégia hoje ao atacar vários sites de bancos. Três alvos já foram atingidos: Banco Central, Citibank e Panamericano. A página do BC já havia voltado ao normal por volta das 13 horas, enquanto os portais do Citi e do Panamericano estavam fora do ar.

Os hackers informaram novos ataques, desta vez ao site da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) e do banco BMG. “Sim, hoje todos irão bailar um pouquinho!”, comemoraram os invasores nas redes sociais. No entanto, ambos os sites ainda continuavam acessíveis.

De acordo com a assessoria de imprensa do Panamericano, que não confirma o ataque, o site do banco está “indisponível no momento, possivelmente, por sobrecarga de acessos”. O Citibank ainda não se manifestou a respeito.

Na página do Banco Central, a invasão do grupo Anonymous Brasil aconteceu pouco depois das 10 horas e a página da instituição ficou instável, apresentando lentidão a quem tentava acessar o site. “Escolhemos um alvo de testes antes, só para calibrar nossas armas: http://www.bcb.gov.br – Apenas um teste rápido…”, anunciou o grupo “Anonymous Brasil” que organizou o ataque via twitter. A área técnica do BC avalia o assunto.

Nesta semana, já foram alvo de ataques dos hackers os sites do Itaú, Bradesco, Banco do Brasil e HSBC, sendo o último os portais nacional e internacional. O grupo diz que os ataques da chamada “OpWeeksPayment” – algo como “operação semana de pagamento de salários – têm como objetivo alertar a população brasileira sobre a injustiça e a corrupção no País.