Aneel vai selecionar oito projetos para geração de energia eólica

São Paulo - A partir das 10h de hoje (23), 377 empreendimentos habilitados pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) disputam oito projetos de parques de geração...

São Paulo – A partir das 10h de hoje (23), 377 empreendimentos habilitados pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) disputam oito projetos de parques de geração de energia eólica em sete estados do Nordeste e um no Rio Grande do Sul.

O leilão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que ocorre pela internet, terá preço inicial de R$ 117/MWh (megawatt-hora). Os novos projetos somam capacidade de 8.999 megawatts (MW) de geração de energia a partir dos ventos.

A produção equivale a duas vezes a média de produção da futura Usina Hidrelétrica de Belo Monte, que está sendo construída no Rio Xingu, no estado do Pará, e que deverá produzir 4.500 MW médios ao longo do ano.

O quinto processo de concorrência para contratação de energia de reserva seleciona empreendimentos que começarão a oferta a partir de 1º de setembro de 2015. Ganha o processo quem tiver o menor preço de venda da energia. Os empreendedores firmarão Contratos de Energia de Reserva (CER) na modalidade quantidade pelo prazo de 20 anos.

Os empreendimentos habilitados estão divididos da seguinte forma: 123 na Bahia, 63 no Ceará, dois no Maranhão, nove na Paraíba, 14 em Pernambuco, 31 no Piauí, 41 no Rio Grande do Norte e 94 no Rio Grande do Sul. De acordo com a Aneel, os leilões de reserva tem como objetivo reduzir os riscos de desequilíbrio entre a oferta e a demanda de energia elétrica.