Android Pay, sistema de pagamentos do Google, chega ao Brasil

Para diminuir complicações em pagamentos, Google lança sistema Android Pay no Brasil. Usuário pode substituir o uso do cartão de plástico pela tecnologia

São Paulo – O Android Pay, sistema para pagamentos do Google que usa cartões eletrônicos, chegou ao Brasil. “O Android Pay vai direto na missão do Google ao trabalhar com a inclusão digital”, falou Fabio Coelho, presidente do Google Brasil, no anúncio da chegada da tecnologia ao Brasil.

O Android Pay é um sistema de pagamentos digitais do Google. Ele permite o cadastro de cartões de crédito e débito no aplicativo. A tecnologia usa o sistema NFC (um protocolo de comunicação em curta distância). O usuário deve realizar o cadastro dos cartões uma única vez no app para os pagamentos. O NFC está presente em smartphones intermediários e premium.

O Google anuncia alguns parceiros de varejo nesse primeiro momento. Carrefour, Casa do Pão de Queijo, Café do Ponto, Café Pilão, Droga Raia, Drogasil, lojas de conveniência AM PM, Kalunga, Ipiranga, Hering, Hering Kids, PUC e Dzarm são os parceiros nesse primeiro momento.

Por ora, não serão todos os consumidores que poderão usufruir da tecnologia. Diferente do que acontece com pagamentos usando o cartão de plástico, o Android Pay depende de parceria entre o Google e emissores de cartão para que os cartões sejam aceitos.

Apenas cartões Visa do Banco do Brasil (Ourocard), Caixa, banco Neon, Porto Seguro Cartões e Brasil Pré-Pagos têm suporte no lançamento. Rogério Panca, diretor de meios de pagamentos do Banco do Brasil, vê o fortalecimento dos meios digitais de pagamento no país graças à chegada da tecnologia.

Ele destaca que, a partir de hoje, 65 milhões de clientes do Banco do Brasil poderão usar o Android Pay com seus cartões.

A rede Carrefour aceitará o meio de pagamento em lojas de São Paulo e do Rio de Janeiro, começando hoje. O pagamento por Android Pay já está disponível em 64 hipermercados Carrefour em São Paulo e no Rio, 18 lojas Carrefour Bairro em São Paulo, além de dezenas de lojas Carrefour Express.

De acordo com Silvana Balbo, diretora de marketing do Carrefour, entre o final deste ano e o começo de 2018, todas as lojas da rede em todo o país terão suporte para o sistema de pagamentos do Google.

A executiva destaca que a renovação e o foco em aspectos digitais e na modernização de máquinas de pagamento fizeram com que essa transação fosse o mais simples possível. Este é um trabalho, ressalta Balbo, que vem sendo feito ao longo dos dois últimos anos.

Alessandro Germano, diretor de parcerias estratégicas do Google, afirmou que, em breve, cartões do Bradesco passarão a ser aceitos. Cartões da bandeira Mastercard também devem ser aceitos logo. O executivo, porém, não deu uma data certa para essas novidades.

“É mais um superpoder do celular que poderá ser usado pelas pessoas”, diz Germano, que conta que o Brasil é o 17º país (e 1º na América Latina) a ter o Android Pay funcionando.

Germano explica que o Google não gera receita com a tecnologia e seu uso. A ideia é fortalecer o sistema Android para dar uma nova ferramenta aos usuários.

Benefícios

A expectativa é que o Android Pay traga mais facilidade para pagamentos em lojas físicas. Smartphones com a tecnologia NFC poderão trabalhar em conjunto com as maquininhas de cartão para o pagamento.

O processo é simples. O estabelecimento comercial adiciona o valor da conta em um terminal de pagamento. O cliente deve destravar o smartphone e encosta-lo sobre a máquina. Com isso, o pagamento deve ser realizado. (Assista ao vídeo abaixo para uma demonstração.)

Em compras acima de 49 reais, no entanto, o usuário deve colocar a senha do banco no terminal de cobrança por questões de segurança.

Fabricantes como Motorola, Sony e LG são parceiros iniciais do Google neste lançamento. Questionada se produtos de outras fabricantes, como Samsung, funcionariam também, o Google disse que sim.

A ausência da Samsung como parceira neste lançamento não é estranha. A empresa sul-coreana tem sua própria solução de pagamentos digitais, o Samsung Pay.

Um detalhe que evidencia a competição nesse momento é que a Samsung disparou um e-mail com novidades do Samsung Pay enquanto o Google realizava a coletiva de lançamento do Android Pay. Seria coincidência ou uma provocação?

Implementação

A chegada do Android Pay ao Brasil havia sido prometida pelo Google no início deste ano. Uma fonte, sob anonimato, afirma ao site EXAME que uma data anterior havia sido informada à cadeia, mas que foi postergada.

Alessandro Germano, do Google, nega que tenha havido problemas e adiamento no lançamento do produto.

A ausência de grandes bancos privados é notada nesse primeiro momento. Ao lado dos públicos como Banco do Brasil e da Caixa, o Neon, banco digital, é o único banco privado a figurar na lista inicial.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s