Anatel manda operadoras aumentar a velocidade da internet dos usuários

Agência reguladora adotou medidas com o objetivo de minimizar os efeitos do distanciamento físico entre as pessoas por conta do coronavírus

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) está cobrando medidas mais efetivas das operadoras de internet no combate ao coronavírus. Na segunda-feira (16), o órgão pediu o aumento da velocidade da banda larga fixa e a liberação do acesso de redes Wi-Fi em locais públicos.

As medidas foram demandadas em um ofício enviado ontem pela Anatel. O documento deixa claro que as ações têm o objetivo de facilitar a vida das pessoas que deixaram de sair de casa para evitar a disseminação do Covid-19, vírus que já fez vítimas fatais no Brasil.

“Com um cenário de maior distanciamento físico entre as pessoas, requisições de quarentena e de trabalho remoto, as conexões de acesso às redes se tornarão ainda mais essenciais”, informa um dos trechos do ofício.

A agência reguladora também determinou uma maior flexibilidade por parte das empresas prestadoras de serviço em relação à inadimplência dos clientes. A ideia é estender os prazos estipulados em contrato com os consumidores. Há também uma orientação para a isenção de cobrança de tráfego de dados para o uso do aplicativo Coronavírus-SUS, desenvolvido pelo Ministério da Saúde.

Algumas companhias que atuam com internet e também com TV por assinatura já adotaram as práticas em suas operações, como a Claro.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.