As pessoas não sabem que Facebook e Instagram são a mesma empresa–e você?

Você sabia? Rede social comprou o aplicativo de fotos em 2012

São Paulo – Você sabia que o Facebook comprou o Instagram por um bilhão de dólares em 2012? Alguns americanos não sabem, e isso não é um acidente.

Uma reportagem da emissora CBS mostra que há pessoas que não sabem que os aplicativos pertencem à mesma empresa, que está envolvida em um dos maiores escândalos de vazamento de dados pessoais de redes sociais.

Desde a aquisição, o Facebook diz que o Instagram funciona como uma empresa independente.

O tempo é propício para que não saibam da ligação entre as companhias. O Facebook permitiu que desenvolvedores de aplicativos capturassem dados não só dos usuários que aceitavam a coleta de informações prevista nos termos de serviço, mas também de seus amigos. Com isso, dados de 87 milhões de pessoas foram parar nas mãos da empresa Cambridge Analytica, que atuou na campanha eleitoral de 2016 de Donald Trump, atual presidente dos Estados Unidos.

Vale notar que o modelo de negócios do Facebook não consiste em vender dados de usuários, mas, sim, entregar publicidade relevante a públicos segmentados com base nessas informações.

O Instagram anunciou nesta semana que vai oferecer um recurso de download de dados pessoais de tudo que a empresa sabe sobre você. Isso coloca o aplicativo em paridade com o Facebook nesse aspecto. A medida atende uma nova regulação de dados pessoais da Europa, que entra em vigor em maio, mas o recurso deve ser oferecido a todos os usuários.

Em entrevista a EXAME, Carlos Tristan, cofundador da empresa de marketing de influência Squid, afirma que o caso do Facebook não parece ter impactado negativamente a dominância do Instagram como principal rede social para usuários e influenciadores na atualidade.

No entanto, não há dados sobre o conhecimento público dos brasileiros sobre a ligação entre Facebook e Instagram.