Amazon lança seu primeiro smartphone com tecnologia 3D

Após dois anos de muitos rumores, a Amazon finalmente lançou seu primeiro smartphone ao mercado.

Após dois anos de muitos rumores, a Amazon finalmente lançou seu primeiro smartphone ao mercado. O CEO Jeff Bezos apresentou o Fire Phone, aparelho que irá ampliar a família de hardware da empresa que já conta com os tablets Kindle Fire, leitor digital Kindle e o set-top box Fire TV.

O smartphone conta com uma tela HD de 4,7 polegadas, acabamento em alumínio, processador quad core Qualcomm Snapdragon 800 de 2,2GHz, GPU Adreno 330 e 2GB de RAM. O sistema operacional utilizado é o Fire OS, baseado no Android e utilizado pelos tablets da Amazon.

O Fire Phone também possui uma câmera traseira de 13 megapixels com estabilização de imagem e lentes com abertura de f/2.0. Bezos chegou a comparar a qualidade da câmera com a dos aparelhos iPhone 5s e Galaxy S5, alegando que o smartphone da Amazon oferece fotos melhores em qualquer situação. Há um botão lateral que oferece rápido acesso à câmera e espaço ilimitado na nuvem para armazenar as fotos. 

Outro destaque do aparelho, ainda de acordo com Bezos, são os alto-falantes de qualidade superior aos atuais smartphones e fones de ouvido que não enroscam (será o fim dos cabos enrolados?).

Tela 3D – A tecnologia utilizada no Fire Phone oferece uma perspectiva em 3D dos objetos exibidos na tela. Funciona com quatro câmeras frontais que trabalham para ajustar as imagens de acordo com a posição do olho do usuário e criando uma perspectiva dinâmica. 

Essa perspectiva dinâmica se atualiza 60 vezes por segundo para fazer a interface funcionar. Na demonstração, Bezos mostrou as mudanças dessa função em mapas com diferentes ângulos de visão ao mover o smartphone. 

A ferramenta identifica em tempo real exatamente onde está a cabeça do usuário e traz um campo de visão mais amplo para capturar essa informação. Das quatro câmeras frontais, duas podem ser utilizadas caso as outras estejam cobertas. Além disso, a Amazon incluiu luzes infravermelhas em cada câmera para permitir que a tecnologia 3D do smartphone funcione no escuro. 

Interação – Claro que o Fire Phone não deixaria de funcionar com os diversos serviços da Amazon. O aparelho traz funções para identificar o que você está assistindo, capacidade de enviar um vídeo para rodar na TV e acesso aos serviços de streaming Prime Music e Prime Video. 

Há também a ferramenta MayDay, uma espécie de serviço ao consumidor que ajuda de forma instantânea o usuário a resolver problemas em seu Fire Phone. 

Outra ferramenta importante é o Firefly, que reconhece automaticamente tudo que o smartphone vê e escuta ao redor — na demonstração, Bezos utilizou um DVD, um detergente, uma música tocando no ambiente e em todos os momentos o aparelho identificou de forma imediata e dando a opção do usuário comprar o produto diretamente pelo celular. 

O Amazon Fire Phone será vendido inicialmente com exclusividade pela operadora AT&T em duas opções: com 32GB de armazenamento interno e 199,99 dólares; ou com 64GB por 299 dólares, ambos com contrato de dois anos. A pré-venda tem início hoje nos Estados Unidos e a entrega está prevista para o dia 25 de julho.