Africanos e chineses são os que mais passam tempo no Pornhub

Campeões de permanência no Pornhub são os visitantes vindos do Saara Ocidental, de Togo e da China, todos gastando mais de 14 minutos por sessão

O Pornhub liberou nesta semana mais um de seus elucidativos estudos sobre os hábitos de consumo de pornografia na web. Desta vez, o foco foi no tempo médio que internautas de diferentes países gastam no site em suas visitas. E os campeões de permanência foram os visitantes vindos do Saara Ocidental, de Togo e da China, que passam, respectivamente, 16min16s, 15min03s e 14min34s apreciando a história nos vídeos eróticos.

O país asiático é seguido de perto por Burkina-Fasso, que tem média de 14min26s, e pelas Filipinas, com 14min22s. Outros africanos, como Níger (13min15s), Camarões (13min), Senegal (13min35s) e Botswana (13min45s), junto com o Nepal (13min46s) e a Jamaica (13min32s), fecham as primeiras colocações. E fora da África e da Ásia, os únicos além dos jamaicanos (e de algumas outras ilhas menores, como Dominica e Antigua e Barbuda) que passam mais de 12 minutos por sessão no Pornhub são os moradores da Guiana (12min07s) e do Haiti (12min32s).

Curiosamente, só há mais três países das Américas e da Europa que passam mais de 10 minutos no site de pornografia: os EUA, o Suriname e a pequena Belize, que tem médias de 10min07s, 11min22s e 11min26s, respectivamente. O Canadá (9min52s), a Costa Rica (9min51s), Honduras (9min40) e a Suécia (9min30s) são os que chegam mais perto dos 10 minutos.

A partir deles, os números só caem. Aqui na América do Sul, o Brasil tem uma média de 7min56s, o que nos coloca atrás da Argentina (8min21s), do Paraguai (9min14s) e da Venezuela (9min17s) em tempo de permanência no Pornhub. Mas há países bem “piores”: em Cuba, a média é de 6min24s, enquanto no Egito ela cai para 6min17s. O último colocado na lista é o Iraque, com 5min30s.

Por cidade – O Pornhub ainda disponibilizou o ranking de cidades, embora não tenha incluído muitas africanas. A líder na lista é Pequim, com média de quase 16 minutos e meio, e Xangai vem na sequência com 15min58s. Catmandu, no Nepal, aparece em terceiro (13min58s), e Kingston, capital da Jamaica, vem no quarto lugar (13min33s). Bagdá, por sua vez, segue o exemplo do Iraque e tem média de 5min32s, a menor da lista. Para falar de Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro estão com 8min23s e 8min13s, respectivamente.

Potenciais piadas à parte, é interessante notar que os maiores tempos de permanência no Pornhub estão, majoritariamente, em países nos quais a banda larga é menos popular – na África, quase todos os lugares registram médias acima de 10 minutos. Em locais com internet mais rápida, como a Europa, os números caem quase todos para menos de 10 minutos. O infográfico completo está aqui.