Adobe lança novo Photoshop com opção de assinatura mensal

Empresa anuncia pacote CS6, que inclui duas novas versões do Photoshop; programa agora poderá ser adquirido por assinatura mensal

São Paulo – A Adobe lançou hoje no país duas novidades: a nova suíte de programas Creative Suite 6 (CS6) e um serviço em nuvem, a Creative Cloud. Os produtos foram apresentados hoje pelo country manager da Adobe no Brasil, Fabio Sambugaro e outros executivos da empresa.

Em relação à suíte CS6, que inclui 14 aplicativos, destaca-se o consagrado programa de edição de imagens, o Photoshop, que é lançado em duas novas versões, o Photoshop CS6 e o Extended. Cada uma delas está disponível para compra como aplicativo independente do pacote anunciado hoje pela empresa.

A primeira versão conta com todas as funcionalidades já conhecidas do programa e algumas novas ferramentas que permitem a edição de imagens e também de vídeos. Uma das novidades é a ferramenta “The Adaptative Wide Angle Filter”. O recurso ajuda a corrigir problemas de perspectiva e distorções em imagens capturadas com lentes olho de peixe, por exemplo.

Já a versão Photoshop CS6 Extended inclui todos os recursos o Photoshop mais básico. Diferencia-se, porém, por oferecer ferramentas para o design em 3D que permitem, por exemplo, arrastar sombras e reflexos da imagem. O Extended conta também com mecanismo que, segundo a Adobe, traz potência e velocidade para a produção em 3D.

Os preços dos programas, entretanto, continuam salgados. Segundo informações no site da empresa, o novo Photoshop, versão CS6, irá custar 389,00 dólares. A Extended será vendida por 779,00 dólares.


A nuvem da Adobe

Uma opção para quem não quer gastar um dinheirão em apenas um programa é o serviço em nuvem Creative Cloud. Ele funciona com base em assinatura e permite que o usuário realize o download não apenas do Photoshop, mas de todos os 14 aplicativos do pacote de suítes CS6 (que inclui o Illustrator e InDesign, por exemplo).

A Creative Cloud tem como objetivo ser uma espécie de centro de operações dos aplicativos da Adobe e, nele, será possível sincronizar os arquivos do assinante a partir de outros aparelhos. O serviço ainda oferece a possibilidade de compartilhar arquivos entre usuários, uma opção para aqueles profissionais que trabalham em equipe e precisam ter acesso aos trabalhos de outros.

Além de integrar os aplicativos da CS6, a Creative Cloud também conta com dois novos produtos, o Adobe Muse e o Adobe Edge Preview, que geram arquivos em HTML5. A capacidade de armazenamento em nuvem da Creative Cloud é de até 20 GB, pelo menos por enquanto. Em breve, segundo a Adobe, assinantes vão ter a oportunidade de adquirir mais espaço.

Preço e disponibilidade

O serviço funciona com base em dois tipos de assinatura. Uma delas irá custar aos brasileiros 94,99 dólares, pagos por mês no pacote anual. Já a outra, tem preço fixado em 144,99 dólares por mês.

O serviço no Brasil custa muito mais caro do que valor com o qual foi anunciado nos Estados Unidos. Na terra do tio Sam, o serviço irá custar 49,99 dólares mensais no plano anual para novos assinantes, 75,00 dólares no pacote mensal ou 29,99 para aqueles que já detêm a licença dos pacotes CS3 até CS5.5.

A diferença de preço entre os países se justifica, segundo Sambugaro, nos tributos que incidem sobre o produto e que acabam por impactar no seu preço para o consumidor final.