Acordo entre TIM e Telebrás leva banda larga barata a mil cidades

O acordo entre TIM e Telebrás, divulgado ontem, leva banda larga sem fil a mil cidades por 35 reais mensais

São Paulo — A Telebrás anunciou com a TIM, nesta quarta, 13, o primeiro grande acordo para uso de sua capacidade de rede em troca da adesão da operadora aos termos do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL). Pelo uso de rede da Telebrás, a TIM oferecerá em cerca de mil cidades um plano de acesso à Internet com 1 Mbps de velocidade, dos quais 20% garantidos, por R$ 35, com impostos.

A oferta será escalonada dentro de um cronograma até o final de 2012. Incialmente, será feita em algumas localidades do Distrito Federal. Será um plano pós-pago, que é a forma encontrada pela TIM de assegurar que o assinante esteja de fato na localidade atendida pela rede da Telebrás onde o plano é oferecido. Mas, evidentemente, o usuário poderá utilizar toda a rede da TIM.

O modem será vendido em 12 vezes de R$ 8 no cartão, ou R$ 96 à vista. O plano é limitado a uma franquia de uso de 500 MB, a partir dos quais a velocidade é reduzida a 128 kbps. A Telebrás instalará para a TIM o ponto de conexão em um ponto dos municípios e a rede até as ERBs será construída pela TIM, quando necessário. A TIM acredita que consegue garantir os 20% da velocidade nominal, como exige a Telebrás, por conta do backbone que estará disponível.