Acer abandona uso da porta Thunderbolt em suas máquinas

São Paulo - A Acer foi uma das primeiras empresas em 2012 a oferecer suporte para a porta de alta velocidade Thunderbolt desenvolvida pela Intel.

São Paulo – A Acer foi uma das primeiras empresas em 2012 a oferecer suporte para a porta de alta velocidade Thunderbolt desenvolvida pela Intel.

Mas, menos de um ano depois, a fabricante anunciou que irá abandonar o uso da porta em seus futuros dispositivos. 

Um porta-voz da Acer disse ao site CNET que a empresa não incluirá mais a porta Thunderbolt em seus notebooks e desktops, e voltará a utilizar apenas portas USB 3.0 para a transferência de dados em alta velocidade entre computadores e periféricos. 

A saída da Acer deve enfraquecer ainda mais a tecnologia Thunderbolt, que é amplamente utilizada em aparelhos da Apple, mas é pouco vista em computadores Windows – normalmente apenas ultrabooks utilizam a porta.

No entanto, a Intel afirmou que outras empresas como Asus, Dell e Lenovo confirmaram o suporte à porta Thunderbolt em suas próximas máquinas que rodarão com o novo processador Intel Haswell. Além disso, a empresa reforça que o uso de sua tecnologia é voltado para máquinas high-end. 

A tecnologia Thunderbolt tem como principal atrativo seu poder de transferir dados a uma velocidade de 10 Gbps, o dobro da oferecida por seu principal concorrente, o padrão USB 3.0.  

A segunda geração da conexão da Intel, o Thunderbolt 2, promete entregar até 20 Gbps em velocidade de transferência de dados e estará presente nos próximos aparelhos da Apple.