A última evidência de que a Apple está construindo um carro

Nova contratação da Apple de executivo da indústria de automóveis reascende rumores sobre produção de um carro elétrico da empresa

São Paulo – Rumores de que a Apple está desenvolvendo um carro estão correndo há meses. Nesta semana, no entanto, uma nova evidência aparece para dar mais razão aos que acreditam nessa hipótese.

A empresa contratou um novo especialista da indústria automotiva para sua equipe. Doug Betts trabalhou por décadas na área. Ele está saindo da Fiat Chrysler para assumir um cargo na Apple.

Betts foi responsável por liderar globalmente os índices de qualidade operacional do conglomerado. Em uma atualização em seu perfil na rede profissional LinkedIn, Betts entregou que irá trabalhar para a empresa de tecnologia.

De acordo com sua atualização, ele será responsável pela parte operacional em um projeto da Apple. É impossível saber por enquanto se ele assume um cargo relacionado à possível produção de um carro elétrico — apesar de ser provável.

O fato é que uma série de contratações recentes aponta para um projeto da Apple nesta área. No ano passado, a empresa deu seus primeiros passos dentro da indústria automotiva ao criar o CarPlay, um sistema operacional que conecta o iPhone a carros.

O concorrente Google, que também havia apresentado o Android Auto, já mostrou sua ambição. A gigante da internet quer criar carros elétricos, autônomos e sem volante ou pedais.

No início do ano passado, um boato sobre uma possível aquisição da Tesla por parte da Apple correu a imprensa. O chefe de aquisições da empresa baseada em Cupertino, Califórnia, teria se encontrado com Elon Musk.

O teor da conversa nunca foi revelado. A Tesla era, na ocasião, avaliada em 25 bilhões de dólares – o caixa da Apple conta com mais de 200 bilhões de dólares, o que mostra que a transação era possível.

Com a provável negativa de Musk, a Apple deve ter partido para a produção própria de um carro elétrico. Nada sobre o assunto, no entanto, foi confirmado até agora. Pode ser que no final das contas o carro da Apple seja como a TV da empresa – material para muita especulação, mas que nunca se tornou realidade.