6 recursos que o iPhone tem e o Android não

Veja em quais pontos o Android ainda perde para o sistema da Apple e vice-versa

São Paulo – O iOS, do iPhone, e o Android estão cada vez mais parecidos, mas ainda há algumas diferenças importantes entre os dois sistemas. As novidades do sistema da Apple ainda são as mais amplamente adotadas porque a fabricante oferece atualizações diretas aos iPhones e iPads, enquanto o processo de liberação do Android passa diversas etapas, entre fabricantes e operadoras. Veja algumas das principais diferenças entre os sistemas a seguir.

Gravação nativa de tela

A Apple disponibilizou um recurso de gravação de tela nativo no iOS. Você pode adicioná-lo à Central de Controle do iPhone e iniciar gravações a qualquer momento.

Detecção automática de QR Code

Alguns modelos, como os da Motorola, já têm esse recurso na plataforma Android, mas nem todos os smartphones com sistema do Google podem reconhecer automaticamente QR Codes pelo app de câmera.

Teclado contextual

A nova versão do teclado da Apple sugere palavras vistas no iMessage ou no Safari para facilitar a sua digitação.

Boa gestão de capturas de tela

Quando fazemos uma captura de tela, podemos querer compartilhar algo com alguém, e não necessariamente guardar a imagem na galeria do smartphone. O iOS 11 permite que você faça isso em poucos instantes, de maneira mais fácil do que no Android.

Sem notificações ao dirigir

Em meio à reformulação da Central de Controle, a Apple disponibilizou um atalho que pausa as notificações enquanto você estiver dirigindo. Ele precisa ser ativado no menu ajustes. Lá, também é possível configurá-lo para ser ativado sempre que uma movimentação típica de carro for detectada pelos sensores do iPhone.

Compartilhamento de senhas de Wi-Fi

Entre iPhones, iPads e Macs, você pode compartilhar senhas de Wi-Fi. Ao tentar se conectar à rede que outro dispositivo da Apple já esteja conectado, basta autorizar a conexão do novo aparelho, não é preciso inserir a senha manualmente.

O que o Android tem e o iOS não

Android-Oreo

Oreo: versão 8.0 do Android começará a chegar a smartphones em breve (Google/Divulgação)

Apps padrão 

Um dos pedidos da comunidade de usuários de iPhones que a Apple não atendeu é a possibilidade de escolher aplicativos padrão para certas atividades. Por exemplo, no iPhone, você não pode escolher o Chrome como principal navegador de internet. O uso do Safari é obrigatório. No Android, você pode escolher qualquer navegador ou aplicativo para se tornar padrão, de acordo com a sua preferência.

Gravação de ligações

No passado, a App Store até oferecia o download de apps como o Call Recorder, mas eles foram removidos. Com isso, só é possível gravar ligações por meio de uma processo nada prático feito com o uso de um serviço do Google, o Google Voice. No Android, basta instalar o Call Recorder para começar a gravar ligações automaticamente.

Transferências de arquivos via USB

Transferir arquivos de qualquer tipo para o computador é fácil no Android, seja em um PC Windows ou em um Mac. No iPhone, você precisa lidar com o iTunes e apenas as fotos são facilmente transferidas para o computador.

Interface

Com aplicativos launcher, você pode mudar totalmente a interface do sistema do seu smartphone. A Apple não permite que desenvolvedores ofereçam apps desse tipo na sua loja virtual para iPhones e iPads.

Sistema de arquivos

O iOS 11 até tem um sistema de arquivos, mas o ecossistema Android está mais maduro nesse sentido. Aplicativos como o Gerenciador de Arquivos, que é grátis, é um exemplo de como o sistema do Google é intuitivo para mover arquivos que estão dentro do seu aparelho.

Tela dividida

O iOS até tem esse recurso de usar dois apps ao mesmo tempo, mas ele funciona somente em iPads. No Android, isso pode ser facilmente feito tocando no botão de multitarefa–com os apps que têm suporte a isso.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Paulo Victor

    O Android tem teclado contextual desde sempre, que analisa SMS, e-mail e outros app, pra sugerir palavras. Também é possível compartilhar tela sem armazenar desde o Now on Tap. E on Android Oreo tem a opção de silenciar notificações no trânsito. Faltou pesquisa.

    Uma coisa que de fato o iPhone tem é o Android não: wallet para tickets de voo, shows… O Google Now Gera cards com tickets recebidos por e-mail, mas nem todas as companhias mandam o bilhete, daí não rola. A Gol, por exemplo, manda só o link. Daí o Now não acessa…

  2. AHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHA… Alguém conta pra quem escreveu o post que ele ta passando vergonha pública, please. Nunca vi tanta besteira junto.

  3. Juliano Vargas

    Tenho essa m* de iOS, me decepcionou na primeira semana quando tentei baixar arquivos e após passar para o pc… fala sério !? Hj em dia essa é uma das principais atribuições para um smartphone😩

  4. Chris Noronha

    Jesus… A INFO muda de endereço mas continua a mesma coisa de sempre. Matérias pra neófito ler e acreditar. Deve ser por matérias como essa que a revista acabou.