5G deve estar disponível em 60% do planeta até 2025

Estudo encomendado pela chinesa Huawei prevê que 6,2 bilhões de pessoas terão acesso à tecnologia

São Paulo – Uma pesquisa encomendada pela Huawei e realizada pela consultoria Global Industry Vision aponta que uma área de 58% do planeta deve estar coberta pelas redes de internet 5G até 2025 quando 6,2 bilhões de pessoas devem ter acesso à tecnologia.

Ao possibilitar conexões mais rápidas, o novo padrão de internet móvel é considerado essencial para o avanço de tecnologias como inteligência artificial, internet das coisas e realidade aumentada ou virtual. Neste último grupo, aliás, 336 milhões de usuários devem ser impactados pelos avanços do 5G.

Ainda não está claro quais regiões do mundo terão o primeiro contato diário com tecnologia. A previsão, contudo, é de que isso aconteça em países que estão trabalhando no desenvolvimento da tecnologia, como Estados Unidos e China.

No Brasil, as redes de internet 5G ainda devem demorar um pouco para estarem disponíveis para o usuário comum. Recentemente, a empresa finlandesa Nokia e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) começaram a discutir o leilão do espectro que poderia fazer o País ser o primeiro da América Latina a contar com a rede de comunicação.

Se não atrasar, a previsão é de que o leilão ocorra em 2020 e movimente cifras superiores a R$ 20 bilhões.