5 produtos para lá de inteligentes anunciados pelo Google

Em evento, a empresa apresentou seu esperado smartphone, o Pixel, e outros produtos que prometem levar o Google para o futuro da internet das coisas

São Paulo – O Google fez grandes anúncios hoje em São Francisco, na Califórnia. A empresa apresentou seu novo smartphone, o Pixel, e uma série de produtos conectados a partir da internet das coisas e equipados com inteligência artificial.

“É claro para mim que estamos evoluindo de um mundo voltado para os dispositivos móveis para um mundo focado na inteligência artificial”, disse Sundar Pichai, CEO do Google, em seu discurso de abertura.

Veja o que a empresa anuncou de mais importante:

(Reprodução/YouTube)

Pixel e Pixel XL

Rick Osterloh, chefe de hardware do Google, apresentou o Pixel como o primeiro smartphone totalmente pensado pelo Google. A empresa vai abandonar os dispositivos com a marca Nexus – que eram desenvolvidos em parceria com outras companhias, como a LG e a HTC.

Entre os destaques do aparelho estão a nova assistente pessoal do Google (sobre a qual falaremos mais para a frente) e a câmera. Um teste independente apontou a câmera do Pixel como a melhor entre os smartphones do mercado. O sensor é de 12,3 megapixels e tem como aliado um app que promete melhorar as imagens usando inteligência artificial para reconhecer a melhor imagem.

O Pixel terá dois tamanhos (5 polegadas e 5,5 polegadas) e três opções de cores (preto, prata e azul). O processador é o Snapdragon 821, a memória RAM é de 4 GB e as baterias são de 2.770 mAh (para o menor) ou 3.450 mAh (para o maior). O armazenamento interno será de 32 GB ou 128 GB. O sistema operacional será o Android Nougat.

O Pixel já está em pré-venda nos Estados Unidos por a partir de 649 dólares – o mesmo preço do iPhone 7 e do Samsung Galaxy S7. Ainda não há data para a chegada do smartphone no Brasil. Para mais informações, leia nossa matéria sobre o Pixel.

(Reprodução/YouTube)

Assistente pessoal

Sem um nome especial, como a Siri, da Apple, a nova assistente pessoal do Google chega para substituir o Google Now. Ela funciona a partir de um comando de voz ou com um toque no botão de home do smartphone – aliás, o Pixel é o primeiro a chegar com a assistente pessoal.

O que chama a atenção na nova assistente é sua conexão com outros aplicativos. Com ela, o usuário pode enviar uma mensagem pelo WhatsApp ou pedir um carro pelo Uber com apenas um comando de voz. A ferramenta também ficará disponível para outros aparelhos que usem a mesma conta do Google, como relógios inteligentes e tablets. Leia mais sobre a novidade nesta matéria.

(REUTERS/Beck Diefenbach)

Daydream

O Pixel também será o primeiro smartphone com suporte para a plataforma de realidade virtual do Google: a Daydream. Ela funciona com os novos óculos de realidade virtual da empresa, que são feitos a partir de um tecido que, segundo o Google, é suave e acolhedor. O dispositivo vem com um controle remoto, que pode ser guardado dentro de um bolso na parte da frente do dispositivo.

Com a plataforma, o usuário poderá assistir a vídeos em 360 graus e acessar outros aplicativos do Google, como o Fotos e o Street View. Os óculos de realidade virtual serão vendidos em novembro deste ano nos Estados Unidos. O preço sugerido é de 79 dólares.

(REUTERS/BECK DIEFENBACH)

Google Home e Google Wi-Fi

O Google quer ocupar a sua casa. A empresa anunciou a data de lançamento e o preço do Home, uma caixa de som conectada à internet que atende a comandos por voz. O produto vai ser vendido a partir de novembro por 129 dólares – um pouco menos do que seu concorrente Echo, da Amazon, que sai por 179 dólares nos EUA.

O Home é conectado com a nova assistente pessoal da empresa e faz o que se espera de uma secretária inteligente: agendar consultas, tocar músicas e até responder a algumas perguntas. O dispositivo é projetado para trabalhar com várias unidades em uma casa.

(Reprodução/Google)

Anunciado hoje, o Google Wifi é outra solução doméstica. Ele é um sistema modular de Wi-Fi. Seu principal objetivo é levar boa conexão para todos os cantos de uma casa. Ele será vendido a partir de novembro com uma unidade, por 129 dólares, ou em pacotes de três roteadores, por 299 dólares. Tanto o Home quanto o Wifi não têm data para chegar ao Brasil.

(Divulgação/Google)

Chromecast 4K

O Chromecast ganhou uma atualização que suporta formatos mais pesados. Batizado de Ultra, o novo dispositivo tem capacidade de rodar vídeo com resolução 4K, HDR e Dolby Vision. Ele tem design mais sóbrio, porém similar ao de seu antecessor. Além disso, funciona da mesma maneira: basta pluga-lo em sua TV. 

O Chromecast Ultra poderá ser comprado em novembro nos Estados Unidos por 69 dólares. De acordo com a empresa, o Google Play Movies começará a disponibilizar vídeos em 4K também em novembro.