Você deveria pensar duas vezes antes de aderir à moda do bitcoin

Não se deixe levar pela empolgação, pois bitcoin não é para todo mundo. Entenda quando vale a pena comprar

São Paulo – É possível que você seja mais um dos eufóricos com os bitcoins no Brasil, embalado pela valorização de nada menos que 398% da moeda digital no ano. Isso é bem acima da alta do Ibovespa, principal índice de referência da Bolsa, que subiu 28% no mesmo período. Mas os números enganam: não é fácil ganhar dinheiro com bitcoins.

Para comprar a moeda digital mais popular e outras criptomoedas, é preciso estar disposto a encarar um altíssimo risco de perder dinheiro – maior do que qualquer outro investimento do mercado financeiro.

O negócio é volátil: os preços chegam a cair ou subir dois dígitos em um mesmo dia. Apesar da tendência de alta, da mesma forma que a moeda valorizou bruscamente em pouco tempo, pode despencar com a mesma intensidade.

Isso acontece porque, atualmente, há um excesso de valorização dos bitcoins. Muitas pessoas compraram a moeda ao mesmo tempo, os preços subiram e uma bolha se formou no mercado, na visão do professor de economia do Ibmec do Rio de Janeiro Daniel Sousa.

“Pessoas que não eram investidoras antes e não conhecem o mercado financeiro simplesmente ouvem falar dos bitcoins e compram porque ouviram dizer que alguém ganhou muito dinheiro. Esse é um sinal claro de que uma bolha se formou”, diz Sousa. Muitos investidores de bitcoins nunca nem sequer investiram em ações – e é aí que está o perigo.

“Os bitcoins são um investimento bastante acessível e garantem a inclusão do pequeno investidor, mas é preciso estar ciente dos seus riscos”, destaca o analista de blockchain e moedas criptografadas da XP Investimentos, João Paulo Oliveira.

Como investir

Bitcoins são recomendados apenas para investidores extremamente arrojados, que procuram diversificar investimentos e topam encarar a alta volatilidade para experimentar a tecnologia.

Invista 1% do seu patrimônio em bitcoins e conte com esse dinheiro somente para o longo prazo, como sugere o professor de economia Ricardo Rochman, da da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas.

“A cada dia, surgem novas criptomoedas e nada garante que o bitcoin vai continuar no gosto popular. Ele está na moda, mas nada garante que essa onda vai se manter”, explica.

É possível comprar uma fração de um bitcoin com 50 reais. As corretoras especializadas cobram uma taxa que varia de 0,3% 1% sobre o valor da operação.

O diretor de operações da Foxbit, Guto Schiavon, explica a operação de compra e venda de bitcoins é muito parecida com o mecanismo de ações. “Recomendo começar com pequenos valores para sentir se você suporta a volatilidade”, diz.

Os ganhos com a venda de bitcoins acima de R$ 35 mil sofrem tributação de 15% e precisam ser declarados no Imposto de Renda.

Regulação

Do ponto de vista tecnológico, as moedas digitais têm um potencial revolucionário como meio de pagamento e podem impactar o mundo assim como a internet.

Porém, como investimento financeiro, elas ainda não são reguladas pelo Banco Central e pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Isso significa que ninguém controla os bitcoins e que não há garantias para o pequeno investidor.

Nesta semana, o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, alertou sobre o risco de bolha e formação de pirâmide nas operações de bitcoin. A CVM também já alertou sobre os riscos de fraude e esquemas de pirâmides, além da moeda ser usada para lavagem de dinheiro e outras atividades ilícitas.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. ViP Berbigao

    Ô loko! Bitcoin na primeira página?! Está incomodando gente graúda da agiotagem financeira brasileira.

  2. Virgílio Lage

    Opa vou encher o carrinho pq ja querem derrubar .. Bancos incomodados kkkkk

    1. ViP Berbigao

      Calma cocada. Tecnicamente o Bitcoin é inviável. Tem muitas falhas e zero de escalabilidade mundial. !! Be careful rapaziada !!

  3. Rg Computacao

    QUe midia mais porca! Parabens pelo “artigo” só mostra o quanto estão assustados e ferrados!
    Espero que o jornalista ao menos sinta vergonha ao escrever isso!

  4. MisterOuija1999

    Exame…vcs não sabem de nada….ganho de 30 a 50% ao mês fora a valorização da moeda…podem esperniar a vontade…o bitcoin chegou pra ficar.

  5. ismael bezerra dos santos

    A maravilha do Biticoin é esta, não ser regulamentada pelo BC , nem pela CVM……..bem vindo ao Biticoin….hauhauahauahauahua…….pequeno investidor….não tenha medo….ganhe dinheiro pra valer..

  6. Alexandre Carou

    A emissão de bitcoin gerou um monte de 99.636.176.026 de dólares (CMC), se isso não for convencer eu desisto.

  7. Alexandre Carou

    A emissão de bitcoin gerou um monte de 99.636.176.026 de dólares (CMC), se isso não for convencer eu desisto.

  8. É exatamente o que eu acho que deveria acontecer: as pessoas deveriam primeiro saber do que se trata o Bitcoin. Com informação e conhecimento, todos podem tomar decisões corretas.

    Eu li 2 livros sobre o assunto (nada a ver com investimento, mas sim, falando sobre os alicerces deta moeda). Resumi-os aqui no meu blog: https://blog.akop.com.br/lista-dos-melhores-livros-sobre-bitcoins-aprenda-a-vender-comprar-e-minerar/