Viajar de avião pela América Latina ficou mais barato

Os preços de passagens aéreas caíram no 1º trimestre e devem se manter assim até julho, segundo uma pesquisa do ViajaNet

São Paulo – Está pensando em viajar? Então olhe com mais atenção para a América Latina. Viajar de avião do Brasil para países latinos ficou mais barato no primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado, segundo um levantamento da agência de viagens online ViajaNet.

Os voos para o Chile apresentaram a maior queda, de 36%, em média. O preço médio das passagens aéreas para o país é de 1.249 reais.

Os voos para a Bolívia e para o Uruguai também caíram bastante: 26% e 20%, respectivamente. Viajar para lá custa, em média, 1.078 reais e 1.184 reais. O custo das passagens para a Argentina também caiu 15% e se estabilizou em 1.426 reais por voo, em média.

Os preços dos voos caíram com a desvalorização do dólar e o recuo da inflação. Nas passagens para a América Latina, no entanto, a queda se intensificou por uma estratégia das empresas de não perder tanto com a crise econômica.

“Miami e Orlando eram os destinos mais procurados nos anos anteriores. Mas como os brasileiros precisavam economizar, houve um incentivo das companhias aéreas para destinos na América Latina”, explica o diretor de marketing da agência ViajaNet, Gustavo Mariotto.

Até o final do primeiro semestre, antes das férias de julho, a tendência é que os preços se mantenham estáveis. A oferta de promoções nos finais de semana deve aumentar.

Se estiver planejando uma viagem internacional, tente comprar a passagem com cerca de três meses de antecedência. Você pode usar ferramentas como a Quando Viajar, do site ViajaNet, para saber quais os dias mais baratos para viajar nos próximos seis meses.