Turma da Mônica lança série de gibis sobre educação financeira

Parceria com a cooperativa Sicredi irá produzir seis edições com conteúdo baseado no Caderno de Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais do BC

A cooperativa Sicredi lançou nesta segunda-feira (14), em parceria com a Mauricio de Sousa Produções, uma série especial de revistas em quadrinhos da Turma da Mônica com a temática “educação financeira para crianças”.

O lançamento aconteceu na sede da Maurício de Souza Produções, em São Paulo, no primeiro dia da Semana Nacional da Educação Financeira (ENEF), promovida pelo Banco Central. O evento, que promove cursos gratuitos sobre como lidar melhor com o dinheiro, termina no dia 20 de maio.

No total, a coleção sobre educação financeira terá seis edições com os personagens, e segue o conteúdo do Caderno de Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais do BC. Os títulos são: “Nossa Relação com o Dinheiro”; “Orçamento Pessoal ou Familiar”; “Uso do Crédito e Administração das Dívidas”; “Consumo Planejado e Consciente”; “Poupança e Investimento”; e “Prevenção e Proteção”.

As primeiras três edições das histórias em quadrinhos serão lançadas neste ano, enquanto as outras três serão publicadas em 2019. Os gibis serão distribuídos nas 550 agências da Sicredi no Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro a partir de junho. As publicações também serão entregues em algumas salas de aulas dos três estados.

Para Mauricio de Sousa, é importante tratar temas importantes como esse de forma lúdica e descontraída. “Dessa forma, as crianças têm acesso à informação de maneira prazerosa, diferente da obrigação de decorar um conteúdo, normalmente estranho à sua realidade e ao seu vocabulário”.

A iniciativa tem o apoio do Banco Central: “Educação financeira deve começar cedo, mas nunca é tarde demais para dar os primeiros passos. As revistas em quadrinhos da Turma da Mônica sobre o tema têm grande potencial de despertar o interesse do público infanto juvenil para o uso consciente do dinheiro, estimulando comportamentos que elevam o seu bem-estar financeiro e o de sua família”, ressalta o diretor de relacionamento Institucional e cidadania do Banco Central, Mauricio Moura.