Tesouro Direto ficará mais barato para o investidor

Segundo matéria publicada hoje no Valor Econômico, taxa de investimento mínimo cairá de 100 para 30 reais

São Paulo – Comprar títulos da dívida pública vai ficar mais barato. Hoje, é necessário aplicar no mínimo 100 reais ou 0,2 sobre o preço do papel. Segundo matéria publicada hoje no Valor Econômico, essa fração cairá para 0,1. Na prática, o menor investimento será de 30 reais. Outra novidade será a possibilidade de reinvestir automaticamente os juros embolsados e agendar compras por um período predeterminado. 

Para disponibilizar o serviço, a bolsa está desenvolvendo um sistema que permitirá o pagamento dos papéis via transferência bancária. Além de TED e DOC, as corretoras que atuam na negociação dos títulos também poderão contratar uma instituição bancária para receberem por débito direto automático. As mudanças deverão valer a partir do ano que vem.