TED não terá mais valor mínimo a partir de sexta-feira

A mudança visa, conforme a Febraban, facilitar as transferências de dinheiro entre bancos diferentes

São Paulo – A transferência eletrônica disponível (TED) deixará de ter valor mínimo a partir da próxima sexta-feira, 15, conforme informa em nota a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

Atualmente, o valor mínimo é de R$ 250,00 e segue em vigor até esta quinta-feira, 14.

A mudança visa, conforme a Febraban, facilitar as transferências de dinheiro entre bancos diferentes.

Criada em 2002, com limite inicial de R$ 5 milhões, a TED foi instituída com o novo Sistema de Pagamentos Brasileiros (SPB) e trouxe mais agilidade e segurança às transações bancárias.

Por meio da TED, o valor da transferência de um banco para o outro é creditado na conta do favorecido no mesmo dia caso a transferência ocorra no horário do atendimento bancário, diferente dos cheques e do Documento de Crédito (DOC), que ficam disponíveis após a compensação tradicional, que demora, no mínimo, um dia útil.

Depois do seu lançamento, o limite para a operação foi sendo reduzido e hoje não há valor máximo para a emissão de uma TED. NO Doc, o limite é de R$ 4.999,99.