Restaurantes dão 50% de desconto para quem chegar mais cedo

Aplicativo Primeira Mesa reserva as primeiras mesas do café da manhã, almoço e jantar em restaurantes. Veja como funciona.

São Paulo – Você chega no restaurante e tem de enfrentar fila, demora para ser atendido pelo garçom e ainda paga caro por isso? O aplicativo Primeira Mesa quer fazer com que você tenha uma experiência melhor, quase exclusiva, e ainda receba 50% de desconto. Basta chegar mais cedo ao estabelecimento.

O app, disponível para aparelhos com sistema Android e iOs, reserva as primeiras mesas do café da manhã, almoço e jantar em restaurantes, geralmente até uma hora após a abertura. O horário vai variar conforme o ponto comercial, mas geralmente estas mesas estão disponíveis entre 7h30 e 8h no café da manhã, ao meio dia no almoço, e entre 18h e 20h30 no jantar.

Para reservar, o cliente paga apenas um voucher, que equivale à taxa paga pelo serviço de intermediário do site. O valor do cupom aumenta conforme o número de pessoas: custa 5 reais para uma pessoa, 8 reais para duas pessoas, 12 reais para quatro pessoas e 18 reais para seis pessoas.

Veja também

O voucher é pago pelo aplicativo, para garantir a reserva. Na conta do restaurante, ao final da refeição, serão descontados os 50% de todos os pratos consumidos pelos clientes. Basta que os usuários do app anunciem a reserva ao chegar ao local.

O desconto de 50% vale para todos os pratos do cardápio do restaurante, inclusive sobremesas, mas não inclui bebidas. “Não tem pegadinha como em alguns sites de cupons: o cliente não vai ter um bife menor, um cardápio para clientes do Primeira Mesa ou produtos de menor qualidade. Ele consome a mesma comida que os outros clientes, até mais fresca. Estamos sempre de olho se o restaurante segue à risca essas regras. Caso contrário, podem ficar de fora do app”, conta o CEO do app, Léo Cuófano.

O app já tem cerca de 870 restaurantes cadastrados espalhados por 30 cidades. São 120 restaurantes cadastrados apenas na cidade de São Paulo. A culinária é diversificada, mas muitos servem comida japonesa, massas e hambúrgueres gourmet. O tíquete médio dos estabelecimentos é de 60 reais. “Buscamos restaurantes com esse tíquete médio para que o desconto e o pagamento do voucher compensem”, diz Talyta Vecina, COO do app.

Veja também

Mas como o app conseguiu convencer os restaurantes a concederem um desconto tão alto? “Vimos que a margem de lucro dos restaurantes por prato é de 150%, em média, mas pode chegar a até 300%. Então, mesmo com o desconto de 50%, eles ainda têm lucro. E ganham movimento em um horário no qual os garçons ficam parados e perdem horas de trabalho sem ganhar gorjetas. Nestas horas que os restaurantes ficam vazios, eles não deixam de gastar com água, luz e outras contas básicas”, explica o CEO do app.

A ideia surgiu de uma viagem do CEO do app e sua mulher, Talyta, por diversos países do mundo. “Vimos que em alguns países, como os Estados Unidos e a Austrália, essa prática de dar descontos para clientes que chegam mais cedo aos restaurantes, chamada de early bird, é natural: as pessoas vão mais cedo ao estabelecimento sabendo que vão ter o desconto, o restaurante nem precisa anunciar. Aqui, resolvemos incentivar este hábito”.

O app do Primeira Mesa tem um ranking de avaliações feitas pelos usuários que ajudam na escolha dos restaurantes. “Os mais desejados aparecem nos primeiros lugares. Isso incentiva os estabelecimentos a fazerem um bom trabalho”.

O Primeira Mesa afirma ter 56 mil usuários e reserva cerca de 3 mil mesas por mês.