Recuperação de crédito cai 6,5% no 1º trimestre, diz Boa Vista SCPC

A queda da recuperação do crédito acontece por conta lenta retomada da atividade econômica e do mercado de trabalho fragilizado

São Paulo — O indicador de recuperação de crédito da Boa Vista SCPC recuou 6,5% no primeiro trimestre do ano em relação a igual período do ano anterior, revelou nesta quarta-feira, 17, a instituição de proteção ao crédito. Já em março, houve queda de 3,3%, com ajuste sazonal, em relação o número de pedidos registrado no mês anterior. Já na análise interanual, foi verificada queda de 10,2% ante março de 2018.

“O movimento negativo em 12 meses resulta ainda das dificuldades enfrentadas pelos consumidores, com lenta retomada da atividade e mercado de trabalho ainda fragilizado”, aponta a Boa Vista em nota. “Espera-se que com a diminuição da desocupação e melhora na renda, as famílias encontrem situação financeira mais favorável, que permitirá uma evolução mais consistente na recuperação de crédito”, explica.

Por região, apenas a Norte registrou alta na recuperação de crédito, com expansão de 1,8%.

Já a região Sul teve o pior resultado, com queda de 14,8%, seguida por Centro-Oeste (-7,6%), Sudeste (-5,1%) e Nordeste (-5,0%).