Receita libera restituição para mais de 1,6 milhão de contribuintes

A partir das 09h, também será aberta a consulta ao lote residual de 2005

São Paulo – As restituições de imposto de renda chegam à conta de 1.673.079 pessoas nesta segunda. No total, serão 1,5 bilhão de reais depositados entre os contribuintes, montante referente ao exercício de 2010 (ano calendário 2009), residual de 2009 (ano calendário 2008) e de 2008 (ano calendário 2007).

Conforme determina o Estatuto do Idoso, a prioridade para a distribuição é dos idosos que não apresentaram nenhuma pendência nas declarações. O pagamento dos demais obedece à data da última declaração entregue do exercício em questão.

Se o valor não for creditado, o contribuinte poderá entrar em contato com qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. O telefones são: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos).

A restituição ficará disponível no Banco do Brasil durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, disponível na internet. Caso não concorde com o valor determinado, ele poderá receber a importância disponível no banco e reclamar a diferença na unidade local da Receita.

Malha fina de 2005
 
A partir das 9h, a Receita abre a consulta ao lote residual de 2005. Do total de 544 contribuintes, 223 tiveram imposto a pagar, totalizando cerca de 1,1 bilhão reais. Terão direito à restituição 257 contribuintes, que vão receber 588.432,75 reais. Segundo a Receita, 64 contribuintes não tiveram imposto a pagar nem a restituir.

Para saber se está incluso nesse lote, o contribuinte poderá acessar a página da Receita na internet (www.receita.fazenda.gov.br) ou ligar para o número 146 e informar o número do seu CPF.