Recall de Tiggo e Cielo, da Chery, começa segunda-feira

Algumas peças dos veículos podem conter amianto, substância considerada cancerígena

São Paulo – A montadora Chery acaba de anunciar que os atendimentos aos motoristas dos 12.462 carros convocados para o recall dos modelos Tiggo e Cielo serão feitos a partir do dia 1 de outubro, na segunda-feira. No dia 29 de agosto, a montadora chinesa havia anunciado que algumas peças desses modelos podem conter amianto – substância considerada cancerígena pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

No caso do Tiggo, o problema ocorre especificamente na junta do coletor de admissão e na junta do sistema de escape. E no Cielo, o defeito foi verificado na junta do coletor de admissão.

Por meio de nota à imprensa, a Chery ressaltou que se o motorista não tiver contato direto com a peça não há risco para a saúde. E orientou que os proprietários apenas não tentem substituir as peças por conta própria.  

Para mais informações, a montadora disponibiliza os canais de atendimento pelo telefone (0800-7724379) ou pela página da empresa na internet. 

Os proprietários dos referidos modelos, cujos veículos estejam enquadrados nos números de chassis abaixo, devem comparecer a uma das concessionárias da Chery para que as peças sejam trocadas gratuitamente.

Tiggo

Fabricados no Uruguai Chassi mais antigo: 9UJDB14B7AU003549 (data de fabricação 11 de fevereiro de 2010)
Chassi mais novo: 9UJDB14BXCU007534 (data de fabricação 17 de agosto de 2011)
Fabricados na China Chassi mais antigo: LVVDB14BXBD010310 (data de fabricação: 09 de abril de 2010)
Chassi mais novo: LVVDB14B2CD037938 (data de fabricação: 22 de agosto de 2011)

Cielo

Cielo Sedan Chassi mais antigo: LVVDC11B0BD011015 (data de fabricação: 24 de maio de 2010)
Chassi mais novo: LVVDC11B7CD044983 (data de fabricação: 21 de setembro de 2011)
Cielo Hatch Chassi mais antigo: LVVDB11B1BD011110 (data de fabricação: 24 de maio de 2010)
Chassi mais novo: LVVDB11B0CD045122 (data de fabricação: 22 de setembro de 2011)