Quem esperar até agosto para sacar o PIS/Pasep receberá valor maior

Quem tem 57 anos ou mais já pode sacar o dinheiro do PIS/Pasep a partir desta segunda-feira (18), na Caixa ou no Banco do Brasil

São Paulo – Quem tem 57 anos ou mais já pode sacar o dinheiro do PIS/Pasep a partir desta segunda-feira (18), na Caixa ou no Banco do Brasil. Quem esperar até agosto receberá um valor maior, corrigido pelo rendimento anual do fundo. Por isso, se puder, é melhor esperar para resgatar o saldo.

Os bancos pagam o rendimento do PIS/Pasep só uma vez por ano, em todo mês de agosto. Entre 30 de junho e 7 de agosto, os pagamentos serão interrompidos para que essa taxa seja calculada.  

Na última vez, entre julho de 2016 e junho de 2017, o rendimento pago foi de 8,9% ao ano. Ainda não há uma taxa de reajuste definida para este ano, mas a correção deve ficar entre 8% e 10% ao ano, segundo o ministro do Planejamento, Esteves Colnago.

O valor médio a ser pago é de 1.370 reais por cotista. Assim, quem esperar até agosto para sacar o dinheiro receberá entre 1.479 reais e 1.507 reais, em média.

Especialistas em planejamento financeiro recomendam que quem tem dívidas deve usar o dinheiro para quitá-las ou renegociá-las. Em seguida, a prioridade deve ser investir o recurso para ter uma reserva de emergência, um dinheiro disponível para usar a qualquer momento em caso de necessidade.

Quem tem direito ao saque do PIS/Pasep

Têm direito ao dinheiro trabalhadores de organizações públicas e privadas que contribuíram para o PIS ou para o Pasep  até 4 de outubro de 1988, que ainda não resgataram todo o saldo. Quem passou a contribuir após essa data não tem saldo para resgatar.

A Caixa é responsável pelo pagamento dos recursos do PIS, que corresponde a 80% do total, e o Banco do Brasil, pelo pagamento dos recursos do Pasep.

Depois dessa primeira etapa, a partir de agosto, todos poderão resgatar o saldo do PIS/Pasep, mesmo que tenham menos de 57 anos, desde que tenham contribuído até 1988 e que ainda não tenha sacado o dinheiro.

No dia 8 de agosto, clientes da Caixa e do Banco do Brasil receberão o valor na conta corrente. De 14 de agosto a 28 de setembro, o pagamento estará disponível para todos.

Ao todo, 57 milhões de pessoas devem ser beneficiadas com a medida.  Antes só podiam sacar o dinheiro os beneficiários com idade a partir de 60 anos. A medida provisória foi aprovada pelo Senado em maio e aguardava a sanção do presidente para entrar em vigor.

Como conferir se você tem saldo do PIS/Pasep a receber

O contribuinte pode conferir no site da Caixa, se for trabalhador da iniciativa privada, ou no site do Banco do Brasil, se for servidor público, se tem saldo do PIS ou do Pasep a receber, informando o CPF e a data de nascimento.  

Na Caixa, a consulta também pode ser feita pelo telefone 0800-7260-207 ou nos caixas eletrônicos, com o Cartão do Cidadão.

Como sacar o saldo do PIS na Caixa

O PIS é pago pela Caixa para trabalhadores da iniciativa privada. Os pagamentos das cotas do PIS de até 1.500 reais podem ser realizados no autoatendimento da Caixa apenas com a Senha Cidadão, sem a necessidade do Cartão do Cidadão.

Também é possível sacar até esse valor nas lotéricas e correspondentes bancários com Cartão e Senha do Cidadão e apresentação de documento oficial de identificação com foto.

Saques de valores de até 3 mil reais podem ser feitos no autoatendimento da Caixa, lotéricas e correspondentes com Cartão e Senha Cidadão e documento oficial de identificação com foto. Saques acima de 3 mil reais só podem ser feitos nas agências, com documento oficial.

Como sacar o saldo do Pasep no Banco do Brasil

O Pasep é pago pelo Banco do Brasil para trabalhadores do setor público. Quem não fore correntistas do BB pode transferir saldos de até 2.500 reais para outra conta de sua titularidade sem custo. A transferência via TED pode ser feita nos terminais de autoatendimento ou pelo site do BB.

Saques acima desse valor de não correntistas devem ser feitos na agência com apresentação de documento oficial de identificação.