Procon-SP notifica Empiricus sobre vídeo com Bettina, a milionária

O vídeo da Empiricus em que Bettina Rudolph diz ter ficado milionária em apenas três anos é alvo de questionamento do Procon

Já viu o vídeo em que uma jovem loira de 22 anos afirma ter transformado 1.520 reais em 1 milhão de reais em apenas três anos?

A Fundação Procon-SP notificou a Empiricus — empresa de informações financeiras — pela divulgação desse vídeo, que ganhou repercussão nas redes sociais, com direito a memes. A companhia terá que prestar esclarecimentos sobre a evolução financeira declarada no vídeo por Bettina Rudolph, investidora e funcionária da empresa.

A frase “Oi. Meu nome é Bettina. Eu tenho 22 anos e 1 milhão e 42 mil reais de patrimônio” despertou a desconfiança e o humor dos internautas. O Órgão quer saber se o vídeo é uma campanha publicitária e exige, num prazo de 48 horas,  documentos que comprovem as declarações e a evolução financeira da jovem.

Já o Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) disse a EXAME que não abriu, até o momento, qualquer representação contra o vídeo, mas não informa se houve queixa de espectadores sobre ele.

A Empiricus informou a EXAME, na noite de terça-feira, que não havia recebido, ainda, nenhuma notificação do Procon, mas que ficara sabendo da ação do órgão por meio da imprensa. A empresa diz que a atuação do Procon causou “perplexidade”, já que, em sua visão, os “conteúdos veiculados não criam nem criaram qualquer tipo de relação de consumo”.

Entenda

Bettina Rudolph relata, no vídeo, que começou a investir aos 19 anos comprando ações na bolsa de valores, com aplicação inicial de 1.520 reais. Ela diz que, em apenas três anos, chegou a mais de um milhão de reais. Ela ainda garante que, seguindo a mesma estratégia de investimento, qualquer pessoa pode ter um lucro similar ao que ela obteve.

O vídeo original, que era exibido no YouTube antes de outros vídeos (o tipo de publicidade conhecido como “pre-roll”), não está mais disponível. A Empiricus publicou este outro vídeo como resposta aos memes e críticas que circularam na internet: