Site vai mostrar os presidenciáveis mais comprometidos com os consumidores

Eleitores podem acompanhar o nível de aderência de cada um dos presidenciáveis às demandas de consumidores

São Paulo – O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) lança nesta quinta-feira (30) a “Plataforma dos Consumidores”, na qual os candidatos à Presidência podem se comprometer com as principais demandas relacionadas a consumo.

Para isso, basta que acessem o site e preencham o campo em cada um dos 10 tópicos atestando seu comprometimento. A cada tema que o candidato aderir, um placar mostra sua evolução.

O objetivo do Idec é que o eleitor consiga saber quais são as propostas de cada candidato, veja quem aderiu e também cobre os presidenciáveis que não se pronunciaram por meio de uma carta online.

Os dez temas selecionados são: autonomia e transparência da atuação das agências reguladoras; transparência nas embalagens e redução do uso de agrotóxicos nos alimentos; prevenção ao superendividamento e regras para disciplinar a publicidade e oferta de crédito nos bancos; promoção do consumo sustentável, fortalecimento da política de defesa do consumidor; proteção de dados pessoais na internet;, tarifas de energia mais acessíveis e transparentes; internet e telefonia mais acessíveis; fortalecimento do SUS e criação de uma regulação para coibir reajustes abusivos dos planos de saúde; investimento de infraestrutura e garantia de tarifas acessíveis no transporte.

Além dos presidenciáveis, a plataforma também pode ser apoiada por candidatos a outros cargos, como governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais e distritais. Contudo, para essas funções, há apenas a possibilidade de adesão a todos os itens da pauta dos consumidores.

O Idec entrou em contato apenas com as campanhas dos candidatos à Presidência para apresentar a plataforma. Candidatos aos outros cargos podem aderir a ela preenchendo uma ficha de adesão, disponível no site.

Até o dia da eleição, o Idec acompanhará as adesões.