Os produtos com os maiores descontos médios na Black Friday

Para ajudar a planejar as compras, pesquisa mostra as categorias de produtos que tiveram as maiores ofertas na Black Friday de 2017

São Paulo – Seis em cada dez consumidores pretendem comprar na Black Friday 2018, que acontece na próxima sexta-feira (23). Porém, 32% dos brasileiros só devem ir às compras se encontrarem boas ofertas, segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Para ajudar a planejar as compras, o site comparador de preços Zoom levantou as categorias de produtos que tiveram a maior média de desconto em 2017. Nada garante que essa lista vai se repetir este ano, mas ela dá uma ideia de onde poderão estar as melhores promoções. Spoiler: os produtos mais procurados não são os que têm as maiores ofertas, em geral.

A seguir, confira as dez categorias com o maior desconto médio online na Black Friday do ano passado:

Posição Categoria Desconto médio
Vaporizador de roupa 31%
Curvador de cílios 21%
Grill e sanduicheira 16%
CD 14%
Colchão inflável 14%
Dock station 13%
Jogo americano 12%
Hidratante 12%
Vestido 11%
10º Jogo PS3 11%

Agora, veja o desconto médio dos produtos mais buscados online na Black Friday de 2017:

Posição Categoria Média desconto
Jogo PS4 9%
Tênis 5%
Lavadora de roupas 3%
Guarda-roupas 3%
Notebook 2%
Geladeira 1%
Celular e smartphon 1%
Fogão 1%
TV 1%
10º Console de video-game

Como se planejar

Organize o orçamento e conheça todas as dívidas que já possui e os gastos planejados para os próximos meses, como viagem de férias, matrícula e material escolar, IPVA, IPTU e seguro do carro.

Depois, faça uma lista dos produtos que deseja, em ordem de prioridade, e aproveite os dias que faltam para a Black Friday para pesquisar os preços e saber até quanto quer pagar no dia da promoção. Nem sempre o que é barato cabe no orçamento.

Sites comparadores de preços como o Zoom, o Buscapé e o Bondfaro oferecem ferramentas para monitorar o histórico dos valores dos produtos. Assim, dá para saber se a empresa aumentou o preço nos dias anteriores à Black Friday e maquiou o desconto.

Também vale a pena conferir sites que oferecem cupons de descontos que podem ser usados para comprar produtos em promoção, como o Méliuz e o Cuponation

Consumidores podem encontrar os melhores descontos na quinta-feira à noite, a partir das 20h, quando os estoques ainda estão cheios e as promoções já começam.

No dia da Black Friday, tente seguir a lista de compras e, antes de comprar um produto por impulso, se pergunte desde quando você deseja aquele item. Se não tiver certeza de que deseja e precisa daquele produto, amadureça sua vontade e não compre no calor do momento.

Se tiver que parcelar a compra, escolha o menor número de parcelas possível para não se atrapalhar com as contas no futuro. Não esqueça de incluir o valor da parcela no seu planejamento de orçamento mensal.

Como evitar golpes virtuais

O que à primeira vista representa uma oportunidade para aproveitar os bons preços pode esconder alguns perigos. Quadrilhas aproveitam o momento de euforia com o grande volume de ofertas para aplicar golpes que causam grande prejuízo.

Sites e e-mails falsos, ligações e mensagens são algumas das artimanhas usadas pelos golpistas para enganar as pessoas e ter acesso a informações pessoais, como nome completo, CPF, número de cartões de crédito e dados bancários. Para reduzir os riscos de você ser uma vítima, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) dá algumas dicas:

1) Ao receber um e-mail não solicitado ou de um site no qual não esteja cadastrado para receber promoções, é importante verificar se realmente se trata de uma empresa idônea. Acesse o site digitando os dados no navegador e não clique em nenhum link.  

2)  Ao utilizar sites de busca, verifique cuidadosamente o endereço (URL) para garantir que se trata do site que deseja acessar. Fraudadores utilizam “links patrocinados” para ganhar visibilidade nos resultados de buscas.

3) Dê preferência aos sites conhecidos e verifique a reputação de sites não conhecidos. Cheque os comentários de clientes que já utilizaram as plataformas.

4)  Nunca utilize um computador público ou de um estranho para efetuar compras ou colocar seus dados bancários.

5) Sempre utilize softwares e aplicativos originais em seu computador ou smartphone e mantenha um antivírus atualizado.