Os melhores e piores fundos de investimento em junho

Na cola do dólar, multimercados perdem em junho; fundos FGTS Petrobras ganham

Os fundos multimercados macro, que buscam acompanhar os movimentos dos principais ativos do mercado local e internacional, têm prejuízo neste início de junho por conta das apostas no dólar.

As mesmas apostas que garantiram um ganho médio de 10,71% no ano estão dando uma perda de 0,03% na média para essas carteiras, conforme dados da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) com base nas cotas dos fundos até dia 12 de junho.

Multimercado é opção a fundo cambial

A previsão de piora das condições da economia brasileira levou a maioria dos gestores a apostar na desvalorização do real, mas esse movimento não tem sido linear. 

Depois de atingir R$ 3,25, o dólar recuou e, neste mês, acumulava queda de 2,14% até dia 12. No ano, porém, a alta é de 17,11%.

Dessa forma, os fundos multimercado acabam se tornando uma opção para quem quer apostar na alta do dólar, mas não quer correr o risco da oscilação da moeda por completo e prefere que a gestão da aposta seja feita por um especialista. 

Tanto que a oscilação dos multimercados macro é bem menor que a dos fundos cambiais, que perdem 2,16% no mês e 18% no ano. Considerando que a moeda americana fechou hoje a R$ 3,06, novamente em baixa, há espaço ainda para ganhos de acordo com as projeções do mercado, que trabalha com R$ 3,20 para dezembro.

Ações atrás do índice

Já os fundos de ações seguem em baixa, apesar da alta do Índice Bovespa no mês de 1,11%. Os fundos ativos que usam o Ibovespa como referencial perdem em média 0,58% até dia 12 de junho no mês, reflexo do fato de a alta do índice estar concentrada em Petrobras e Vale.

Os fundos FGTS, por sua vez, acumulam alta de 6,90% no caso da Petrobras e 5,50% no da Vale neste mês, elevando os ganhos no ano para 46,47% no caso da Petrobras e reduzindo as perdas para 1,68% no caso da Vale.

Renda fixa índices

Os fundos renda fixa índices, por sua vez, devolveram parte dos ganhos neste mês por conta da alta dos juros dos papéis do Tesouro atrelados à inflação, as NTN-B, de longo prazo.

Com o juro pago além do IPCA aumentando, os papéis antigos nas carteiras dos fundos, com taxas menores, perdem valor para se ajustar.

O resultado é um rendimento médio de 0,31% no mês, abaixo dos fundos DI, que rendem 0,46%, e do CDI, de 0,45% nos 12 primeiros dias de junho. No ano, porém, os renda fixa índices batem de longe os demais fundos da categoria.

Aumentam os saques

Os saques dos fundos de investimentos aumentaram este mês e a saída líquida já era de R$ 1,534 bilhão até dia 12. As maiores saídas eram de fundos DI, com R$ 10 bilhões. Com isso, a captação no ano caiu pra R$ 24,5 bilhões.

O saldo total do setor de fundos no Brasil era de R$ 2,8 trilhões em 12 de junho.

Abaixo os dados dos principais tipos de fundos de investimentos do mercado e dos fundos FGTS.

Rendimento (em %)      
Tipos Semana Junho No ano 12 meses
Curto Prazo 0,25 0,45 5,25 11,60
Referenciado DI 0,26 0,46 5,36 11,83
Renda Fixa 0,28 0,42 6,00 12,31
Renda Fixa Crédito 0,27 0,45 5,54 11,79
Renda Fixa Índices 0,43 0,31 7,14 12,34
Long And Short ? Neutro 0,17 0,41 2,23 10,16
Long And Short ? Direcional 0,13 0,48 2,31 8,07
Multimercados Macro -0,19 -0,03 10,71 16,94
Multimercados Trading 0,44 0,39 7,72 13,94
Multim. Multiestratégia -0,25 -0,73 7,96 14,80
Multimercados Multigestor 0,06 0,02 5,89 11,48
Multim. Juros e Moedas 0,27 0,39 5,46 11,26
Multim. Estrat. Específica -0,03 -0,19 6,45 13,78
Cambial -1,22 -2,16 18,00 39,50
Ações IBOVESPA Ativo -0,46 -0,58 4,24 -1,18
Ações IBrX Ativo 0,17 0,58 4,84 -2,96
Ações Setoriais 0,11 1,78 11,18 -11,53
Ações Small Caps -0,99 0,18 -3,99 -12,98
Ações Dividendos -0,72 -0,10 3,08 -3,31
Ações Sustent./Governança 0,30 1,09 2,86 -2,49
Ações Livre -0,18 0,11 4,39 0,75
Referências        
Ativos Semana Junho No ano Em 12 meses
Dólar -1,82 -2,14 17,11 39,46
Ibovespa 0,71 1,11 6,68 -3,19
CDI 0,25 0,45 5,28 11,64
Captação R$ milhões    
Tipos Semana Junho No ano 12 meses
Curto Prazo 6.547,92 3.437,66 16.824,13 -6.714,96
Referenciado DI -7.805,01 -9.982,36 6.412,03 24.029,51
Renda Fixa 721,66 -205,05 12.048,27 -3.426,29
Renda Fixa Crédito -12,57 -513,56 -6.132,65 -7.356,17
Renda Fixa Índices 342,08 693,99 -8.632,90 -10.041,63
Long And Short ? Neutro -42,89 -87,11 116,88 -426,83
Long And Short ? Direcional -80,76 -144,02 -1.288,03 -2.505,43
Multimercados Macro 94,59 -50,30 -1.594,23 -8.428,77
Multimercados Trading -6,63 -7,48 -139,86 -224,57
Multim. Multiestratégia -235,58 -767,75 -6.075,51 -2.257,84
Multimercados Multigestor -177,54 -205,34 -223,56 159,02
Multim. Juros e Moedas 1.313,92 2.461,63 -3.031,84 -9.618,60
Multim. Estrat. Específica -88,70 -159,98 -135,42 107,93
Cambial 18,10 -39,39 1.020,31 866,81
Ações IBOVESPA Ativo -7,18 -14,75 -1.017,54 -2.471,26
Ações IBrX Ativo 22,14 17,49 -1.364,71 -2.673,42
Ações Setoriais -6,93 -13,11 -162,40 -395,52
Ações Small Caps -6,81 -9,63 -337,00 -688,69
Ações Dividendos -13,87 -18,14 -633,51 -996,17
Ações Sustent./Governança -2,48 -6,53 -169,44 -334,18
Ações Livre -62,97 -91,75 -4.306,59 -7.708,89
Outros -56,90 4.170,53 23.287,45 53.467,99
Total: 453,58 -1.534,93 24.463,89 12.362,06
Fundos de Privatização 2015
Mês Petrobras (%) Vale (%)
jan/15 -16,17 -15,1
fev/15 17,68 13,96
mar/15 0,95 -15,66
abr/15 48,03 29,16
mai/15 -7,07 -11,59
jun/15 6,90 5,50
Acumulado ano 46,47 -1,68

Fonte: Anbima. Números até dia 12 de junho