Os destinos com melhor custo-benefício para o feriado de novembro

Análise do buscador de voos Viajala mostra como economizar na última folga prolongada do ano antes do Natal

São Paulo – Falta quase um mês para o último feriado nacional prolongado do ano antes do Natal. Quem quer planejar uma viagem e aproveitar a folga do dia da Proclamação da República, no dia 15 de novembro, deve se apressar. A tendência, a partir de agora, é que os preços subam.

Uma pesquisa do buscador de voos Viajala feita no ano passado mostra que 55% dos melhores preços de passagens têm antecedência de 30 a 60 dias da data da viagem, sendo que, desse intervalo, 30% das tarifas mais baixas aparecem nas pesquisas com antecedência de 45 dias a dois meses. Ou seja, há pouco tempo para encontrar boas ofertas.

O jeito mais fácil de economizar é buscar rotas menos convencionais, que não são tão afetadas pela alta de preços de feriados, afirma Eduardo Martins, diretor nacional do buscador.

Passagens para destinos concorridos do Nordeste, como Natal, Fortaleza e Recife para o feriadão já passam dos 800 reais, preço similar ao de viagens internacionais no período, e devem seguir aumentando. Salvador é, por enquanto, o destino mais em conta na região, com passagens em torno de 500 reais. O melhor preço encontrado é 513 reais, com ida no dia 14 de novembro e volta no dia 20 de novembro.

Por outro lado, Curitiba e Belo Horizonte, que ficam fora do circuito mais demandado, ainda mantêm a média do ano, assim como Porto Alegre.

O feriado pode ser uma oportunidade para visitar a cidade serrana de Gramado, a 100 quilômetros da capital gaúcha, principalmente se o objetivo do turista é conhecer o Natal Luz, que começa no dia 24 de outubro. “Com o feriado prolongado, há tempo suficiente para chegar em Porto Alegre e pegar a estrada até a serra, além de participar do evento e fugir dos preços da alta temporada na região, no mês seguinte”, explica o executivo do Viajala.

Em alguns estados, como São Paulo e Rio de Janeiro, os turistas terão a possibilidade de um feriado ainda mais longo, caso possam emendar a Proclamação da República com o Dia da Consciência Negra, no dia 20 de novembro, que cai na quarta-feira seguinte.

Nesse caso, a flexibilidade de datas aumenta a chance de encontrar bons preços de passagens e a possibilidade de viajar para destinos mais distantes. “Em feriados curtos o ideal é ficar pelo Brasil para não perder tanto tempo com o deslocamento, mas em folgas de mais de cinco dias já é possível realizar viagens maiores, especialmente se há a possibilidade de voo direto”, recomenda Martins.

Confira abaixo o levantamento do Viajala com as cidades com melhor custo-benefício no feriadão de novembro, saindo de São Paulo. Os preços consideram voos de ida e volta em datas próximas do feriado:

Passagens nacionais por até 300 reais 

Curitiba (PR)

Jardim Botânico de Curitiba Curitiba

Curitiba (paulobaqueta/Thinkstock)

Ida nos dias 14/11 ou 15/11 e volta nos dias 17/11, 18/11, 19/11, 20/11 ou 21/11

Belo Horizonte (MG)

 (bcorreabh/Thinkstock)

Ida no dia 15/11 e volta nos dias 17/11, 18/11, 19/11, 20/11 e 21/11

Passagens nacionais por até 400 reais

Rio de Janeiro (RJ)

Vista aérea da praia de Copacabana e Ipanema, no Rio de Janeiro Vista aérea da praia de Copacabana e Ipanema.

Vista aérea da praia de Copacabana e Ipanema. (Shipsony/Thinkstock)

Ida no dia 14/11 e volta nos dias 17/11, 18/11, 19/11, 20/11 ou 21/11

Porto Alegre (RS)

Porto Alegre - Rio Grande do Sul Porto Alegre – Rio Grande do Sul

Porto Alegre – Rio Grande do Sul (diegograndi/Getty Images)

Ida no dia 14/11 e volta nos dias 19/11, 20/11 e 21/11; ou ida no dia 15/11 e volta no dia 21/11

Vitória (ES)

Vitória, ES

 (Fabio Canhim/Getty Images)

Ida no dia 14/11 e volta nos dias 19/11 e 20/11; ou ida no dia 15/11 e volta nos dias 18/11, 19/11 e 20/11.

Hotéis

O custo de hospedagem, mesmo no feriado, também se mantém estável nos destinos menos buscados.

O melhor custo-benefício é registrado em Belo Horizonte, com quartos bem avaliados e bem localizados com diárias a partir de 130 reais para duas pessoas. Curitiba também apresenta boas opções a partir de 170 reais a diária para casal.

Já Porto Alegre, apesar de ter a passagem um pouco mais cara, compensa esse preço na hospedagem, a partir de 140 reais em bons hotéis com ótima localização.

A hospedagem barata também é um atrativo do Rio, já que a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 levaram a oferta de hotéis na cidade a  um salto, baixando os preços, comenta o diretor do Viajala. “Porém, o Rio ainda é mais caro na alimentação, nos serviços e passeios, e o viajante que decidir passar o feriado lá deve estar preparado para gastar um pouco mais.”

Passagens internacionais por até 1 mil reais

Santiago, Chile

Vista de Santiago, no Chile Vista de Santiago, no Chile

Vista de Santiago, no Chile (Win-Initiative/Getty Images)

Ida no dia 13/11 e volta no dia 20/11; ou ida no dia 15/11 e volta nos dias 18/11 e 20/11.

Passagens internacionais por até 1.300 reais

Buenos Aires, Argentina

argentina Argentina

Argentina (Getty Images/Getty Images)

Ida no dia 13/11 e volta no dia 20/11; ou ida no dia 15/11 e volta nos dias 19/11 e 21/11; ou ida no dia 16/11 e volta no dia 21/11

Córdoba, Argentina

Córdoba, na Argentina Córdoba, na Argentina

Córdoba, na Argentina (brightstorm/Thinkstock)

Ida no dia 13/11 e volta no dia 20/11; ou ida no dia 15/11 e volta nos dias 19/11, 20/11 e 21/11.

Calama, Chile (Deserto do Atacama)

Atacama (Calama), no Chile Atacama (Calama), no Chile

Atacama (Calama), no Chile (Roger Martin / EyeEm/Getty Images)

Ida no dia 15/11 e volta no dia 19/11.

Passagens mais baratas para os vizinhos

Santiago e Buenos Aires são opções tradicionais de viagem dos brasileiros na América do Sul, mas as duas capitais estão em tendência de alta devido à chegada das low costs Sky e Flybondi no Brasil, empresas aéreas de baixo custo que prometem preços mais competitivos e cobram separadamente por serviços como despacho de bagagem, marcação de assento e check-in no aeroporto.

Segundo um levantamento feito pelo Viajala, viajar para Buenos Aires com a Flybondi no fim do ano chega a custar até 63% menos do que optando por empresas aéreas tradicionais. “Apesar desse tipo de viagem não contar com certas comodidades, há vantagens como o preço abaixo da média e o voo direto, que é um facilitador em tempos de alta demanda”, conclui o executivo do buscador.