Os carros preferidos no Brasil por faixa de motorização

Pesquisa da consultoria Jato Dynamics mostra quais os carros mais vendidos de acordo com a motorização nos anos de 2004, 2009 e 2014

São Paulo – Levantamento realizado pela consultoria automotiva Jato Dynamics mostra quais são os carros mais vendidos do mercado por faixa de motorização.

As cilindradas do carro, informação que costuma vir grafada na traseira do veículo (1.0 litro = 1.000 cilindradas/ 2.0 litros = 2.000 cilindradas), podem fazer muita diferença na decisão de compra.

De maneira resumida, as cilindradas representam a soma dos volumes úteis de cada cilindro do motor e, geralmente, quanto maior a cilindrada, maior a potência do veículo, responsável por transformar o combustível do tanque em velocidade.

Segundo Milad Kalume Neto, gerente de desenvolvimento da Jato Dynamics, as cilindradas são intimamente ligadas a duas questões muito levadas em consideração na hora da compra: o preço do veículo; e a dirigibilidade, que seria a resposta do carro às ordens do condutor.

A pesquisa realizada pela Jato mostra não só os carros preferidos por faixa de motorização em 2014, como em 2004 e 2009. Confira a seguir:

Motor 1.0
Posição 2004 2009 2014
1º lugar VW Gol (143.822 unidades) VW Gol (252.284 unidades) VW Gol (146.399 unidades)
2º lugar Fiat Palio (127.108 unidades) Fiat Palio (177.475 unidades) Fiat Palio (145.188 unidades)
3º lugar Chevrolet Celta (115.067) Fiat Uno (168.329 unidades) Fiat Uno (98.539 unidades)
Motor 1.3
Posição 2004 2009 2014
1º lugar Honda Fit (29.529 unidades) Honda Fit (35.701 unidades) Toyota Etios (20.062 unidades)
Motor 1.4
Posição 2004 2009 2014
1º lugar Peugeot 206 (24.791 unidades) Chevrolet Corsa (61.478 unidades) Chevrolet Onix (70.747 unidades)
2º lugar Fiat Siena (22.118 unidades) Fiat Palio (45.627 unidades) Chevrolet Prisma (55.212 unidades)
Motor 1.5
Posição 2004 2009 2014
1º lugar Fiat Siena (191 unidadeS) Honda City (14.630 unidades Toyota Etios (46.357 unidades)
Motor 1.6
Posição 2004 2009 2014
1º lugar VW Gol (33.626 unidades) Ford Fiesta (53.968 unidades) Hyundai HB20 (96.166 unidades)
2º lugar Ford Ecosport (31.790 unidades) VW Gol (50.778 unidades) Ford Fiesta (66.747 unidades)
3º lugar VW Polo (23.837 unidades) VW Fox (33.849 unidades)

VW Fox (60.084 unidades)

 

Motor 1.8
Posição 2004 2009 2014
1º lugar Toyota Corolla (28.567 unidades) Toyota Corolla (52.823 unidades) Chevrolet Cruze (41.557 unidades)
2º lugar Chevrolet Meriva (20.700 unidades) Honda Civic (50.031 unidades) Chevrolet Spin (36.797 unidades)
3º lugar Fiat Palio (13.984 unidades) Fiat Palio (24.051 unidades) Chevrolet Cobalt (25.412 unidades)
Motor 2.0
Posição 2004 2009 2014
1º lugar Chevrole Astra (32.720 unidades) Chevrolet Vectra (35.420 unidades) Toyota Corolla (53.029 unidades)
2º lugar Chevrolet Zafira (12.155 unidades) Chevrolet Astra (35.519 unidades) Honda Civic (36.675 unidades)
3º lugar Citroën Xsara Picasso (11.829 unidades) Hyundai Tucson (29.057 unidades) Renault Duster (21.518 unidades)

Os fatores que pesam na escolha

A preferência por um modelo em cada faixa de motorização pode ser explicada por diferentes razões. Entre os carros com motor 1.0, faixa na qual os modelos Volkswagen Gol, Fiat Palio e Fiat Uno dominaram as vendas em 2014, Kalume afirma que o preço acessível é um dos principais critérios que pesam na decisão.

“Para os carros 1.0 o que mais pesa é o preço acessível. Os compradores observam muito a relação custo-benefício quando buscam esse tipo de carro e a imagem da marca também pesa na escolha”, diz o gerente da Jato Dynamics.

Já entre os carros 1.3, o que explica a preferência pelo Toyota Etios já seria a baixa oferta de veículos com este tipo de motor. “A Toyota acabou posicionado bem esse carro em um segmento que não tinha muita oferta”, afirma Kalume.

No segmento dos carros 1.4 já se sobressaem os carros da categoria sedãs pequenos, que são buscados por serem veículos com preços atraentes, com um motor um pouco melhor e com mais espaço do que outros carros compactos. Seriam os carros de entrada para famílias, de acordo com o gerente da Jato.

Da mesma forma que se posicionou bem entre os carros 1.3, o Etios também se tornou preferência entre os carros 1.5 por não ter tanta concorrência no segmento.

Os carros 1.6 já possuem uma concorrência maior, assim como os carros 1.0. No entanto, além do preço, nesse caso pesa para a escolha do consumidor o design, o que pode explicar a preferência pelo Hyundai HB20. O “HB20 ‘chegou chegando’ com um produto bem adequado, preço competitivo e design moderno”, afirma o gerente da Jato Dynamics.

Entre os carros 1.8, os modeloes da Chevrolet se sobressaem. Para Kalume, a montadora se destacou em um segmento que não possui tanta oferta ao oferecer preços acessíveis, comparativamente.

Já entre os carros 2.0, os modelos que lideram as vendas são tidos como referência no mercado, segundo Kalume. “O Corola e o Civic são benchmarks imbatíveis no segmento. Eles unem, além da qualidade japonesa, a questão de serem carros com um ar mais executivo e que não quebram: eles têm boa qualidade e baixa manutenção. É um ótimo custo-benefício”, diz.