Os bancos com mais reclamações no terceiro trimestre, segundo o BC

Entre os cinco maiores bancos, Bradesco e Santander tiveram piores índices no terceiro trimestre, seguidos de Caixa e BB

São Paulo – Bradesco e Santander voltaram a liderar a lista de bancos com os maiores índices de reclamações no terceiro trimestre, consideradas as cinco maiores instituições financeiras do país (Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Banco do Brasil e Santander). O ranking é divulgado trimestralmente pelo Banco Central.

O Bradesco registrou um índice de 24,16 e, o Santander, de 21,03. Os dois principais bancos públicos do país – a Caixa e o BB – vêm logo depois, com 19,13 pontos e 18,97 pontos, respectivamente. São seguidos pelo Itaú, com 14,46. Todas as cinco instituições financeiras, contudo, reduziram a proporção de reclamações em relação ao trimestre passado.

O índice de reclamação é calculado pelo BC em uma conta que leva em consideração a quantidade de reclamações procedentes recebidas por cada instituição em proporção à sua quantidade de clientes (o número de reclamações é multiplicado por 1.000.000 e dividido pelo total de clientes).

O líder de reclamações no segundo trimestre entre as instituições de grande porte (aquelas com mais 4 milhões de clientes) continua a ser o Banco Pan, cujo índice de reclamações no trimestre foi de 149,58 pontos, de acordo com o BC.

Bancos pequenos mais reclamados

Entre os bancos e financeiras de porte menor – com menos de 4 milhões de clientes -, o ranking continua a ser liderado pela Facta Financeira, com um índice de reclamações de 1.782,23, seguida pelo conglomerado Safra (730,68) e pelo banco Continental (729,92).

Os principais motivos de reclamações foram: oferta ou prestação de informação a respeito de produtos e serviços de forma inadequada e irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços relacionados a cartões de crédito e crédito. 

Veja abaixo as 10 instituições financeiras mais reclamadas no terceiro trimestre, por porte, de acordo com o BC:

Bancos e financeiras grandes (mais de 4 milhões de clientes)

Instituição Índice de reclamações Reclamações procedentes Total de clientes
Pan 149,58 646
4.318.631
BMG 82,33 376 4.566.863
Bradesco 24,16 2.409 99.684.907
Banrisul 22,57 110 4.873.088
Santander
21,03
976 46.395.772
Banco do Brasil 19,13 1.264 66.072.966
Caixa 18,97 1.775 93.525.623
Votorantim 14,83 91 6.133.287
Itaú 14,46 1.169 80.803.452
Banco CSF 9,44 64 6.776.626

Bancos e financeiras pequenas (menos de 4 milhões de clientes)

Índice de reclamações Reclamações procedentes Total de clientes
Facta Financeira 1.782,23 151 84.725
Safra 730,68 1.660 2.271.853
Continental 729,92 38 52.060
Inter 176,25 559 3.171.520
Modal 302,98 60 343.742
BNP Paribas 143,77 455 3.164.605
Sofisa 133,65 27 202.010
Portocred 105,94 22 207.647
Original 83,31 157 1.884.400
Daycoval 75,87 74 975.274

O Banco Pan diz, em nota, que tem adotado medidas para a melhoria e modernização de produtos, processos e qualidade do atendimento ao consumidor, oferecendo serviço “Não Me Ligue” e apoiando a Convenção de Autorregulação do Crédito Consignado, implementada pela Febraban e ABBC.