Os bancos com mais reclamações em setembro, segundo o BC

Pelo terceiro mês seguido, BMG lidera queixa entre os grandes e BICBANCO entre os médios

São Paulo – Em setembro, o BMG novamente liderou as queixas entre os bancos grandes, com mais de dois milhões de clientes, segundo o ranking mensal das instituições financeiras mais reclamadas do Banco Central (BC).

O conglomerado BIC (que representa o BICBANCO) também liderou pelo terceiro mês consecutivo as queixas entre os bancos médios, com menos de dois milhões de clientes.

Dentre os bancos grandes, o segundo mais reclamado foi o Santander, que estava em terceiro lugar entre os bancos mais reclamados de agosto. O Mercantil do Brasil, que estava na segunda posição em agosto, caiu para a terceira posição. O Banrisul e o HSBC continuaram em quarto e quinto lugar, respectivamente.

Dentre os bancos médios, o BNP Paribas e o J. Malucelli continuam em segundo e terceiro lugar do ranking, enquanto o Daycoval passou da quinta para a quarta posição e o Safra, que não estava entre os cinco mais reclamados no mês anterior, passa a ocupar o quinto lugar.

Metodologia

Para elaborar o ranking, o BC recebe as queixas dos clientes e analisa se houve descumprimento das normas do Conselho Monetário Nacional (CMN). Dessa forma, a lista considera apenas as reclamações procedentes.

O número de reclamações é dividido pelo número de clientes da instituição financeira e multiplicado por 1.000.000. O índice mostra, portanto, o número de reclamações de cada instituição financeira para cada grupo de um milhão de clientes.

Assim, evita-se que alguns bancos apareçam sempre no topo do ranking por causa do maior número de clientes.

O acesso ao ranking é feito pelo site do Banco Central.

Veja a seguir os resultados da lista dos bancos mais reclamados de setembro:

Bancos grandes – mais de dois milhões de clientes

As principais queixas entre os bancos grandes foram sobre operações de crédito consignado, tanto restrição à realização de portabilidade de por recusa injustificada e ausência de documentação de desistência do devedor, além de irregularidades relacionadas ao fornecimento de documento para liquidação antecipada destas operações. 

Abaixo de cada tabela estão relacionados os tipos de reclamação mais recorrentes:

1º Lugar: BMG**

Reclamações procedentes 177
Número de clientes 2.339.883
Índice* 75,64

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 1.000.000.

**Trata-se do Conglomerado BMG, que inclui Banco BMG S.A, Banco Cifra S A, BCV Banco de Crédito e Varejo S A e Cifra S.A Crédito Financiamento e Investimento

Principais reclamações (em ordem decrescente): Restrição à realização de portabilidade de operações de crédito consignado por recusa injustificada; concessão de crédito consignado sem a formalização do título adequado; e irregularidades relacionadas ao fornecimento de documento para liquidação antecipada de operações de crédito consignado.

2º Lugar: Santander**

Reclamações procedentes 347
Número de clientes 31.035.923
Índice* 11,18

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 1.000.000.

**Trata-se do Conglomerado Santander, que inclui a Aymore Crédito Financiamento e Investimentos S.A, o Banco Santander Brasil e a Companhia de Crédito Financiamento e Investimento RCI Brasil.

Principais reclamações (em ordem decrescente): Prestação de serviço de forma irregular em conta-salário; débito em conta de depósito não autorizado pelo cliente; e concessão de crédito (exceto consignado) sem a formalização do título adequado.

3º Lugar: Mercantil do Brasil**

Reclamações procedentes 21
Número de clientes 2.099.066 
Índice* 10,00

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 1.000.000.

**Trata-se do Conglomerado Mercantil do Brasil que inclui o Banco Mercantil de Investimentos S A, Banco Mercantil do Brasil S A, Mercantil do Brasil Financeira S A Crédito Financiamento e Investimentos

Principais reclamações (em ordem decrescente): Restrição à realização de portabilidade de operações de crédito consignado por recusa injustificada; restrição à realização de portabilidade de operações de crédito consignado por ausência de documentação de desistência do devedor e irregularidades relacionadas à devolução de cheques.

4º lugar: Banrisul

Reclamações procedentes 37
Número de clientes 3.826.563
Índice* 9,66

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 1.000.000.

Principais reclamações (em ordem decrescente): Restrição à portabilidade de operações de crédito consignado por recusa injustificada; irregularidades relacionadas ao fornecimento de documento para liquidação antecipada de operações de crédito consignado; concessão de crédito consignado mediante a formalização de título adequado com base em documentação falsa. 

5º Lugar: HSBC**

Reclamações procedentes 81
Número de clientes 10.173.586
Índice* 8,06

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 1.000.000.

**Trata-se do Conglomerado HSBC, que inclui HSBC Finance Brasil Banco Múltiplo e HSBC Bank Brasil Banco Múltiplo.

Principais reclamações (em ordem decrescente): irregularidades relativas à integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços; prestação de serviço de forma irregular em conta-salário; e cobrança irregular de tarifa de cartão de crédito diferenciado.

Bancos médios – menos de dois milhões de clientes

Os bancos médios costumam atuar no fornecimento de crédito a pequenas e médias empresas, na concessão de crédito consignado e em financiamentos de carros.

As principais reclamações sobre os bancos médios foram relacionadas às operações de crédito consignado, tanto restrição à realização de portabilidade de por recusa injustificada como irregularidades relacionadas ao fornecimento de documento para liquidação antecipada destas operações; e irregularidades relacionadas ao fornecimento de informações sobre estas operações de crédito. 

1º lugar: Conglomerado BIC** 

Reclamações procedentes 114
Número de clientes 172.925
Índice* 659,24

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 100 mil.

**Trata-se do conglomerado BIC, que inclui o Banco Industrial e Comercial S.A. e a Sul Financeira S.A. Créditos e Financiamentos.

Principais reclamações (em ordem decrescente): Restrição à realização de portabilidade de operações de crédito consignado por recusa injustificada; Restrição à realização de portabilidade de operações de crédito consignado por ausência de documentação de desistência do devedor; e irregularidades relacionadas ao fornecimento de documento para liquidação antecipada de operações de crédito consignado

2º lugar: BNP Paribas**

Reclamações procedentes 364
Número de clientes 1.177.135
Índice* 309,22

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 100 mil.

**Trata-se do Conglomerado BNP Paribas, que inclui, além do BNP Paribas Brasil, o Banco Cetelem e a Cetelem Brasil S.A. Crédito Financiamento e Investrimento.

Principais reclamações (em ordem decrescente): Restrição à realização de portabilidade de operações de crédito consignado por recusa injustificada; irregularidades relacionadas ao fornecimento de documento para liquidação antecipada de operações de crédito consignado; e insatisfação com a resposta recebida da instituição financeira referente à reclamação registrada no BCB

3º lugar: J. Malucelli**

Reclamações procedentes 17
Número de clientes 340.268
Índice* 49,96

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 100 mil.

**Trata-se do Paraná Banco, que faz parte do conglomerado.

Principais reclamações (em ordem decrescente): Irregularidades relacionadas ao fornecimento de documento para liquidação antecipada de operações de crédito consignado; restrição à realização de portabilidade do crédito consignado por recusa injustificada; e irregularidades relacionadas ao fornecimento de informações sobre operações de crédito consignado.

4º lugar: Daycoval

Reclamações procedentes 25
Número de clientes 626.464
Índice* 39,90

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 100 mil.

Principais reclamações (em ordem decrescente): Irregularidades relacionadas ao fornecimento de documento para liquidação antecipada de operações de crédito consignado; irregularidades relacionadas ao fornecimento de contratos de operações de crédito consignado e irregularidades relacionadas ao fornecimento de informações sobre operações de crédito consignado 

5º lugar: Safra

Reclamações procedentes 21
Número de clientes 561.073
Índice* 37,42

*Número de reclamações dividido pelo número de clientes e multiplicado por 100 mil

Principais reclamações (em ordem decrescente): Irregularidades relacionadas ao fornecimento de documento para liquidação antecipada de operações de crédito consignado; restrição à realização de portabilidade de operações de crédito consignado relativas a pessoas naturais por recusa injustificada e encerramento de conta de depósito à vista sem solicitação do cliente