Onde investir R$ 100 por mês?

Jovem não tem muitos recursos para investir e pergunta qual seria a aplicação mais indicada para aportes mensais de 100 reais

Dúvida do internauta: Tenho 19 anos, estou na faculdade e tenho dúvidas sobre como investir meu dinheiro. Como todo universitário, não possuo tanto capital para investir, mas penso que devo começar desde cedo para no futuro a colheita ser melhor. Minha dúvida seria onde investir em média 100 reais por mês para obter um lucro significativo e futuramente poder colocar mais capital no investimento.

Resposta de Samy Dana e Alex del Giglio*:

Primeiramente, parabéns pela iniciativa de investir desde muito jovem. Iniciar cedo significa apropriar-se de mais benefícios do poderoso fenômeno dos juros compostos, também chamados popularmente de “juros sobre juros”.

Com um capital de 100 reais por mês, a melhor opção para investir são os títulos negociados via Tesouro Direto, em vista da liquidez, segurança e boa remuneração frente aos demais investimentos com riscos semelhantes.

Sugerimos que você comece aplicando na Letra Financeira do Tesouro (LFT), papel pós-fixado, indexado à Selic e o mais conservador dentre os títulos públicos disponíveis ao investidor.

Em um segundo momento, para diversificação da carteira, comece a investir, também, nas Notas do Tesouro Nacional – série B (NTN-B), papel pós-fixado, indexado ao IPCA e que garante ganho real, ou seja, acima da inflação.

Todavia, é preciso atentar aos custos dessa aplicação a fim de maximizar o seu ganho. Algumas instituições financeiras não cobram taxa de administração, restando apenas a taxa de custódia obrigatória de 0,30% ao ano (consulte as taxas cobradas por cada instituição).

Lembre-se sempre: independentemente de quais sejam os objetivos, dificilmente eles serão alcançados sem planejamento. Desse modo, investir uma parcela da renda atual, por menor que seja, é fundamental para atingir objetivos e desfrutar das recompensas.

Bons Investimentos!

(*) Samy Dana é Ph.D. em Business, professor da FGV e coordenador do Núcleo de Cultura e Criatividade GV Cult. É consultor de empresas nacionais e internacionais dos setores real e financeiro e de órgãos governamentais, além de autor de livros de finanças pessoais. Esta resposta foi escrita em parceria com Alex Del Giglio, economista pela Univerisidade de São Paulo (USP), com extensão em finanças pela ESC Bordeaux e mestrado em Administração pela FGV. Responsável pela área educacional da Prime Finance Investimentos AAI Ltda., com sede em Manaus.

Perguntas, críticas e observações em relação a esta resposta? Deixe um comentário abaixo!

Envie suas dúvidas sobre planejamento financeiro e investimentos para seudinheiro_exame@abril.com.br.