O negócio da minha esposa não deu lucro. Ela pode ser minha dependente?

Especialista responde dúvida de leitor sobre a declaração do Imposto de Renda 2019. Envie você também suas perguntas

Pergunta do leitor: Minha esposa é sócia de um salão de beleza com a tia. Apesar de o negócio gerar renda para a tia, minha esposa não recebeu nenhum valor como remuneração em 2018. Posso incluí-la como minha dependente no Imposto de Renda? Se sim, como fazer isso?  

Resposta de Valdir Amorim*:

Sim. Você pode fazer a declaração em conjunto com sua esposa e informá-la como sua dependente, apesar de ela não ter rendimentos na sociedade, ou seja, lucros ou pró-labore.

Na ficha “Dependentes”, identifique com código 11 o tipo de dependente, cônjuge, e informe o nome, a data de nascimento e o número do CPF dela.

Na ficha “Bens e Direitos”, informe o valor da participação que ela tem na sociedade. Insira o número do CNPJ e o valor das quotas sociais.

*Valdir de Oliveira Amorim é coordenador editorial-tributário IOB, da Sage Brasil, professor universitário, mestre em Ciências Sociais e Contabilidade, pós-graduado em Direito Tributário, coordenador de cursos de pós-graduação, palestrante, conferencista, mediador em seminários e congressos, doutorando em Contabilidade; especialista há mais de 20 anos em Imposto de Renda, PIS/COFINS, IOF, ITR, CIDE e legislação societária, comercial e tributária.


O site EXAME vai responder diariamente, entre 7 de março e 30 de abril, as dúvidas de leitores sobre a Declaração do Imposto de Renda 2019. Envie suas perguntas para seudinheiro_exame@abril.com.br.