Neon lança ferramenta que permite transferir dinheiro em oito segundos

Operação é quatro vezes mais rápida que em outras contas digitais, segundo a fintech

São Paulo – A fintech Neon lançou nesta segunda-feira (12) uma ferramenta que permite a clientes transferir dinheiro em apenas oito segundos.

Após esse processo, caso a transferência seja feita para outro banco, é necessário contar também o tempo da TED, que é de até 20 minutos. Mas se o destinatário da transação também tiver uma conta Neon, poderá usar o dinheiro oito segundos depois.

A operação é até quatro vezes mais rápida do que em outras contas digitais, onde o tempo gasto com a transferência leva, em média, 35 segundos, de acordo com um teste feito pela empresa em nove aplicativos: três de bancos tradicionais e seis de bancos digitais e sistemas de pagamento.

Para ter acesso à novidade, o cliente precisa habilitar um widget. O componente já está disponível para dispositivos iOs e será instalado automaticamente na atualização do aplicativo do banco. A funcionalidade deve estar disponível para smartphones com sistema operacional Android nos próximos meses.

Depois de instalar o widget, basta dar três cliques para efetuar a transação. O componente busca no aplicativo da Neon, automaticamente, os contatos para quem o cliente costuma fazer mais transferências. Segundo pesquisas internas da fintech, 92% dos correntistas que fazem transferências todos os meses passam dinheiro para os mesmos contatos, seja para pagar contas fixas, como aluguel, ou para familiares.

Escolhido o contato no widget, basta definir o valor da transação e autorizar o pagamento. Para garantir a segurança da movimentação financeira, primeiro, o usuário precisa autorizar o funcionamento do widget no próprio app da Neon, com uso de senha (o que é feito apenas uma vez); depois, antes de confirmar cada transferência, o software pede uma verificação de digitais (touch ID) ou de rosto (face ID).

A aceleração do tempo de transferência foi possível a partir de uma reorganização de processos. “Enquanto o cliente está digitando o valor da transferência, o widget já está procurando quais contas o contato tem cadastradas ou fazendo as validações necessárias. Então, não tem ‘loading’ (tempo em que uma aplicação está carregando)“, diz Luciano Sugiura, que liderou o desenvolvimento do widget.

Desde dezembro de 2016 a fintech também permite transferência por voz, com uso da Siri, o assistente de voz da Apple. Desde o lançamento da conta digital, o app da Neon integra com os contatos do telefone para facilitar a transação.

Guilherme Rovai, que lidera a área de design de produto da fintech, aponta que os próximos passos da fintech são: oferecer empréstimo pessoal, mais serviços em contas PJ, com foco em MEIs; e também investimentos para pessoas jurídicas cadastradas na plataforma. “Os lançamentos devem acontecer nos próximos meses”.