Millenials preferem viajar a ter filhos

Prioridade da geração que tem hoje entre 24 anos e 38 anos é ter independência e estabilidade financeira

São Paulo – Formar uma família não é prioridade para a maior parte da geração millenial, que tem hoje entre 24 anos e 38 anos.  O objetivo de vida é menos importante até do que atividades de lazer, como viagens. É o que mostra um estudo da consultoria americana Spectrem.

O levantamento foi feito com millenials de alta renda, que ganham ao menos 100 mil dólares por ano. Considerando a idade atual da geração, a maioria saiu da universidade há bastante tempo e tem uma carreira consolidada.

De forma similar a outras gerações, quando questionados sobre como definem uma vida bem-sucedida os entrevistados citam primeiro independência (70%) e estabilidade financeira (68%). Em seguida vem a possibilidade de se aposentar quando quiser (56%), e se casar ou ter um relacionamento duradouro (54%).

Na quinta posição no ranking está a possibilidade de realizar atividades de lazer, como viagens, que empata com a compra da casa (53%). Somente em seguida aparece o objetivo de formar uma família (45%), que só não perde para ter segurança no trabalho (40%) e trabalhar em uma área pela qual seja apaixonado (38%).

Como você define sucesso? Em %
Independência financeira 70
Estabilidade financeira 68
Se aposentar quando quiser 56
Ter um relacionamento ou se casar 54
Realizar atividades de lazer 53
Ter uma casa 53
Ter filhos 45
Ter segurança no trabalho 40
Trabalhar em uma área na qual seja apaixonado 38
Outros 3
Nenhum 4

Quando os entrevistados são segmentados por gênero e idade, as porcentagens variam. Os mais jovens, que têm menos de 30 anos atualmente, tendem a ligar menos o sucesso a temas financeiros: 60% deles definem sucesso como trabalhar em uma profissão na qual gostem, e 51% definem sucesso como segurança no trabalho.

Mulheres priorizam mais do que homens a possibilidade de realizar atividades de lazer: 59% colocaram o item em sua lista de prioridades, contra 45% dos homens.